82
Anterior
Rangel: "As Europeias vão ser um exame ao PS"
Seguinte
Santana: "O que faria se Marcelo estivesse novo"
Página Inicial   >  Política  >   Marcelo "fez-se ao piso" e pôs PSD de pé

Marcelo "fez-se ao piso" e pôs PSD de pé

Veio de surpresa, antecipou-se a Santana e levantou o Congresso. Aparentemente, se quiser, é candidato . 
|
Marcelo 'fez-se ao piso' e pôs PSD de pé

"Não tencionava vir e, de repente, ontem à noite, comecei a ficar comovido. Vim todo o avião a pensar: vou, não vou? De repente comecei a pensar na Olivetti onde escrevi o comunicado fundador do PPD/PSD ... e vim, por uma razão afetiva". Marcelo agarrou literalmente a plateia. Veio à conquista do partido igual a si próprio. E pôs o Congresso de pé.

"Uns disseram-me: não vás, vão dizer que te estás a fazer ao piso para qualquer coisa. Se queres, fica mal e se não queres estás lixado". A gargalhada irrompeu no Coliseu. Quererá Marcelo ser candidato presidencial? O próprio não falou de presidenciais, mas não ficam dúvidas de que quis um reencontro de alto nível. Com o partido e com o seu líder, num registo de total liberdade e avesso a espartilhos. Goste ou não Pedro Passos do seu estilo para candidato presidencial.

 "Pedro Passos Coelho é irritante", assumiu Marcelo. "O país está melhor mas não está melhor em tudo", afirmou, em resposta à pergunta que Passos lançara ao Congresso na véspera. O professor assumiu que o líder "tem uma coisa que o irrita", mas admitiu que isso - a frieza com que o PM esgrime listas intermináveis de números - . "é a faceta negativa daquilo que eu nele admiro: a segurança". Paulo Portas levou por tabela: na crise do verão, "quem reagiria como Pedro Passos Coelho?".

Sempre num tom envolvente e desarmante, Marcelo foi-se demarcando do Governo - "não é preciso ser social-democrata para estar solidário com os que sofrem", "não vale a pena negar a realidade. Vai haver um tempo em que as pessoas já sentem umas coisas melhor mas ainda acham pouco".

"Aqui não aplaudam. Aplaudam para dentro". Desafiante, lembrou que o PSD é "um partido livre ("o que digo ao domingo é a prova disso, eu digo cá dentro o que digo lá fora").

Lá dentro, Marcelo Rebelo de Sousa - que foi demolidor com António José Seguro e com o PS, fazendo o discurso mais cáustico e eficaz contra o maior partido da oposição, só comparável ao de Paulo Rangel -, deixou um aviso: "qualquer que seja o resultado das europeias e das legislativas, vai ser necessário haver consensos no futuro próximo. Logo a seguir às europeias, em junho, tem que se tratar desse dossié".

Terminou com um "os líderes passam, mas os partidos ficam". E uma frase que pode ter que ver com as pazes com Passos Coelho, depois da aparente clivagem provocada pela moção do líder que Marcelo considerou na altura tê-lo exluído das presidenciais: "as continuidades são muito fortes, mesmo quando as ruturas são grandes".

O Coliseu rebentou em aplausos. Aparentemente, se quiser ser candidato, Marcelo tem caminho aberto.

 

 


Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 82 Comentar
ordenar por:
mais votados
O Catavento desceu à terra!!!
E vão lá todos!!!

O que eles querem sei eu!!!

Em 2015 vão lá estar todos para substituir o Cavaco!!

Querem tacho obviamente!!!
Sócrates,troika,bancarrota, nunca mais!!
Parabéns águiadois!
O passaralho mal-cheiroso
PSD
águia2
deves pertencer ao dos tachos!!!!!!
passos coelho ,cavaco silva e relvas nunca mais!!!
Repetição...
urubu burro
Já cá faltava...
.
@Compreendite, Marcelo é neste momento o português
Não é um Catavento. É um Aerogerador Neoliberal.
@Nuno Silva, pingo de vergonha ainda é capaz de
Prof Marcelo, Presidente da República!
Assim será: Portugal merece ter o Prof.Marcelo Rebelo de Sousa,o próximo Presidente da República!
Se alguém tivesse dúvidas, depois do discurso único de hoje no congresso mdo PSD,ficou esclarecido,motivado e militante!
Será o doutô Relvas a decidir !
O farsola já foi. O martelo nunca deixará
Que chatice! eu só acredito na Monarquia fundadora
variantes do esterco
De acordo
Falta a reforma do Estado!
Abrirei...
Deus nos livre de tal tortura...!
sonha passarinho
Para parvo,
As aldrabices de Miguel Relvas vêm de longe
O jornal "A Região" (pt.scribd.com/doc/99797889/Miguel-Relvas-UM-VERDADEIRO-ARTISTA ) contava, em 1997, já lá vão 15 anos, as aventuras e desventuras de um deputado de Santarém. O rapaz tinha um currículo partidário imaculado na sua passagem por concelhias, distritais, jota e outras estruturas partidárias que lhe iriam garantir a equivalência em várias cadeiras na Universidade. Contava o jornal, e já tinha revelado o "Templários", que o rapaz tinha o estranho hábito de viver em várias moradas ao mesmo tempo. Nenhuma batia certo. Vivia em Lisboa, dizia a lista telefónica. E vivia em Tomar, em três moradas diferentes, conforme aquilo a que se candidatasse, dizia ele nos documentos oficiais.

A razão para a confusão de moradas é simples: dando uma das suas várias supostas moradas de Tomar, e não aquela onde realmente vivia, em Lisboa, poderia receber o subsídio de deslocação. A coisa saiu em todo o lado, assim como o seu envolvimento, no final dos anos 80, no escândalo das viagens fantasma. As malandrices de Relvas eram um segredo de polichinelo.

Ninguém no PSD ignorava quem era Miguel Relvas. A sua fama de rapaz talentoso para contornar as regras e as leis em beneficio próprio vem de longe. Começou tão cedo - ainda nem 30 anos tinha quando se envolveu no caso das "viagens fantasma" -, que o seu currículo de aldrabices está largamente documentado.
Fonte: Expresso

e mais...
marcelo, cavaco, leite e outros politicos
um passado triste de gente interessada apenas no seu proprio umbigo!!! as circustancias a crise e talvez a clarividencia dos novos dirigentes do psd deram ao partido um rosto diferente e uma confiança em soluçoes politicas e sociais que ultrapassa a militancia partidaria.......
marcelo, inteligente, nao quer perder o comboio do progresso e da regeneraçao do psd.... faz a parte dele !!!!e fez bem, nao sei se a tempo!!!!
Mito Bem!!! "voxpopuly"!!!
obrigado pelo like..lol
Elogio da ameijoa podre, é vomito passista.
ameijoa podre estas a referir te à apolonia?
A tua vox não é gravada é kagada laranjola
roubado por todos,.mas nao enganado!
marcelo...
.
com prenda!
.
obrigado por me poupar a responder a 2 cretinos
@Compreendite, boa resenha histórica, parabens
Está instalado em Portugal o neo salazarismo

Mais informação, quando a há. Menos conhecimento..
Estamos a assistir ao triunfo de um jornalismo frívolo,( com grande concentração da comunicação social em poder de grupos económicos nacionais e estrangeiros), de espectáculo onde as noticias são escolhidas no interesse de um sistema inviável, sintomas que afectam a sociedade contemporânea. No passado a Cultura era a consciência que impedia o virar as costas à realidade. No presente e por todo o lado, com a conquista do poder de ideologias neo liberais, desapareceu praticamente do espaço público, tendo uma repercusão mínima na sociedade. A realidade real parece que já não existe, foi substituida pela realidade virtual, criada pelos grandes meios audiovisuais e outros, que têm o rótulo de informar, mas cumprem uma função oposta, trazendo até nós, atravez dos ecrâs de televisão e outros meios de comunicação, versões clónicas do mundo real dos factos, atravez de comentadores ilusionistas e manipuladores, que são os profissionais desses meios de comuncação, que nos transportam para uma época de grandes representações que nos dificultam a compreenção do mundo real É um atentado contra a ética e os autênticos valores morais. Procuram abolir a faculdade humana de discernir entre a verdade e a mentira, a realidade e a ficção, fazendo de nós meros autómatos. É o tempo dos charlatões..................

Está instalado em Portugal o ne salazarismo
disfarçado.
Mais informação, quando a há. Menos conhecimento..
Estamos a assistir ao triunfo de um jornalismo frívolo,( com grande concentração da comunicação social em poder de grupos económicos nacionais e estrangeiros), de espectáculo onde as noticias são escolhidas no interesse de um sistema inviável, sintomas que afectam a sociedade contemporânea. No passado a Cultura era a consciência que impedia o virar as costas à realidade. No presente e por todo o lado, com a conquista do poder de ideologias neo liberais, desapareceu praticamente do espaço público, tendo uma repercusão mínima na sociedade. A realidade real parece que já não existe, foi substituida pela realidade virtual, criada pelos grandes meios audiovisuais e outros, que têm o rótulo de informar, mas cumprem uma função oposta, trazendo até nós, atravez dos ecrâs de televisão e outros meios de comunicação, versões clónicas do mundo real dos factos, atravez de comentadores ilusionistas e manipuladores, que são os profissionais desses meios de comuncação, que nos transportam para uma época de grandes representações que nos dificultam a compreenção do mundo real É um atentado contra a ética e os autênticos valores morais. Procuram abolir a faculdade humana de discernir entre a verdade e a mentira, a realidade e a ficção, fazendo de nós meros autómatos. É o tempo dos charlatões....

Da cassete
gente sem pingo de vergonha
geração rasca da política
Ai a "democracia"!
Em democracia, as pessoas votam em partidos que lhes vão ao bolso? Não??
Então Salazar tinha razão: O povo português não está preparado para a democracia!
está bém preparado para Bola e Praia
Ângela, Ângela ...
" pòs o Congresso de pé." e depois foi buscar um paninho para limpar o pó?
Marcelo genial
Fez um excelente discurso, além de ter dado um show.
Falta a reforma do Estado
o show foi bom,esqueceu foi
essa do
congresso de pé,é para rir??eles até de cócoras se punham, para resguardarem os tachos!!
Até tu, Marcelo?!
Mas o homem não andou sempre a dizer que não ia ao Congresso porque "não tinha nada para lá ir dizer"? Estes políticos são todos pessoas que honram a própria palavra, honra lhes seja feita.
Marcelo
Não acredito!
2h20 minutos após a publicação desta notícia o Silba22, ainda não piou!
Estará doente o Silba?
Será dificil, se não está doente ou indisposto, atingir, hoje os 200 comentários docostume.
Os donos, reduzir-lhe-ão as benesses.
De qualquer modo, desejo as melhoras ao Silba22.

Ps:-tome um chá de lucia-lima, que faz bem á azia.
Ó Marcelo....

e os comentários dominicais?
Depois da bofetada do fedelho devias ter vergonha de aparecer, mas o poder é apetecível, não é verdade?
afinal não tens a exclusividade da irrevogabilidade e até te estou a ver a abraçar o genuino detentor da irrevogabilidade!
Que futuro
Marcelo a Presidente e Rio como primeiro Ministro.
Seria uma equipa forte, coerente e integra. O que Portugal merece!
Uma administração pública á nossa escala, onde se gaste o menos possível para permitir melhorar a vida dos Portugueses.
Um País que reconheça o mérito e esforço de quem cria riqueza e postos de trabalho, ao contrário do que acontece hoje.
sem querer
Comentários 82 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub