139
Anterior
Notícias Lusa: Reacções à entrevista de José Sócrates
Seguinte
José Eduardo Moniz também avança com queixa contra Sócrates
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Entrevista à RTP primeiro-ministro  >   Manuela Moura Guedes processa Sócrates

Manuela Moura Guedes processa Sócrates

Para a jornalista da TVI, "a pessoa que exerce o cargo de primeiro-ministro lida muito mal com a liberdade de informação".
Lusa |

A jornalista Manuela Moura Guedes vai processar judicialmente o primeiro-ministro por difamação, na sequência de acusações de José Sócrates ao "Jornal Nacional" da TVI , feitas na entrevista à RTP , revela a própria à Lusa.

Em entrevista à RTP1, transmitida terça-feira à noite, Sócrates referiu-se ao telejornal das 20h de sexta-feira da TVI, apresentado por Manuela Moura Guedes, como sendo "travestido" e feito "de ódio e perseguição". "Aquilo não é um telejornal, é uma caça ao homem", afirmou.

Para a jornalista, estas frases demonstram "que a pessoa que exerce o cargo de primeiro-ministro lida muito mal com a liberdade de informação".

A posição formal da TVI relativamente ao assunto será anunciada hoje pelo director-geral, José Eduardo Moniz, que estará presente no "Jornal Nacional" das 20h, avança Manuela Moura Guedes.

A subdirectora de Informação da TVI foi a primeira jornalista portuguesa a "pôr um processo de difamação a alguém por causa do exercício do jornalismo". "Processei o antigo presidente do Sporting , João Rocha, e o jornal do clube, e ganhei", recorda. "Isto é uma reprise", conclui.

 

 

 


Opinião


Multimédia

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 139 Comentar
ordenar por:
mais recentes
TVI ??
Não é preciso ser um Primeiro ministro, para chegar á conclusão que a TVI exagera nas noticias, cria um "alerido" muitas vezes sem fundamento.. Vejamos por exemplo este fim de semana, noticia gripe suina, enquanto a TVI dizia em primeira mão que havia casos de gripe suina detectados em Espanha e França, os outros canais diziam suspeitas de casos em Espanha e França. Mais tarde a TVI já disse o mesmo que todos. Vejo por vezes a TVI24 porque estou a fazer zaping e fica lá 1m que seja, mas prefiro sem duvida a RTP e a SIC como canais de informação. Quanto a Sra. Manuela devia aprender a falar, engana-se muito, e como profissional que é, devia ter atenção a isso. Eu também acho que a TVI é uma caça a noticia e ao homem, qualquer dia é noticia libertar um gás na rua, no jornal da sexta TVI. Uso a minha liberdade de expressão espero que não me abra um processo também até porque nem defendo o sr. Ministro.
Processo, logo existo
Caros internautas se fosse Sócrates a pagar a advogados e a suportar todas as custas judiciais inerentes aos processos que mandou instaurar pode ter a certeza que não avançaria a todo o vapor para os tribunais com uma hiper inflação de processos por difamação...mas como essas custas judiciais vão ser suportadas pelo erário público, avança a todo o gás na defesa do seu "bom nome". De qualquer das formas a itenção de processar tudo e todos que belisquem a sua imagem artificial sustentada em propaganda e sound bytes socráticos demonstra bem o desespero de causa do PM. O ideal para ele seria que os media ficassem sujeitos ao lápis azul do antigamente...seria uma tranquilidade para Sócrates, uma espécie de "Alice no país das maravilhas".

Talvez, quiça, avance agora para a instauração de processos a bloggers, comentadores online, internautas e intervenientes em conversas de café...

Uma espécie de PROCESSO, LOGO EXISTO !
A grande dúvida
No jornalismo que segue as normas, as pessoas são tratadas pelos seus nomes. No caso Freeport, porque razão é que existe "o tio de Sócrates", o sobrinho de Sócrates" ou a "mãe de Sócrates"? Acaso essas pessoas não têm BI com a devida identificação e são apresentados por serem aparentados com o PM? Não se diga que as ligações não têm um propósito, no mínimo sensacionalista! Se fosse o Ti Jaquim da esquina, das duas uma: ou nem era notícia ou era mesmo o Ti Jaquim e não o tioo do José, também da esquina. Existe, realmente, uma enorme diferença entre o jornalismo sério e o outro. E é facilmente detectável!
Jornalismo de especulação!
A TVI escuda-se por detrás do jornalismo de investigação para passar em antena tudo o que apanha e, por vezes, sem sustentação credível. Os àpartes de MMGuedes, sendo por vezes divertidos, são sempre imprópios de jornalista poivot de noticiários que se querem sem remoques e trabalhados a sério. Quanto ao jornalismo de investigação, este só pode basear-se em factos e não em conjecturas que por vezes mais se assemelha a um programa de apanhados. Temos que pensar, sobretudo, que aquilo que está a acontecer hoje com o primeiro ministro de Portugal, nos pode acontecer um dia a nós, e ser achincalhado é coisa que ninguém gosta. O jornalismo a sério é outra coisa! Ir longe demais é precisamente dizer o que não se sabe o que realmente é. Um bom jornalista diz o que sabe que é verdade absoluta, poe, em espaço próprio e devidamente identificado, comentar e emitir a sua opinoão, assumindo os riscos daí advindos, mas não pode, em circunstância alguma dizer o que lhe apetece só para fazer um "brilharete" para gáudio dos mais incautos. Sócrates está, portanto, cheio de razão! Só um Juiz, e em sede de Tribunal, pode afirmar (e mesmo assim podemos ter reservas), se esta ou aquela pessoa é culpada. Isso não é territótio para os jornalistas e ponto final.
Sócrates Grande Amigo
Força Sócrates Grande Irmão: a Manela nao é má rapariga mas dá-se-lhe aquela de querer dar nas vistas... e tumba no primeiro que se meta de jugular à mostra.
Mulheres ! quem as compreende ?
A Botox Guedes está desesperada...
Esta senhora está simplesmente em completo desespero.
É que esta "istória", como todas as histórias, está a chegar ao fim.
E quando tudo estiver esclarecido, o que vai salvar esta dama é em Portugal não haver o hábito de penalizar fortemente quem difama o próximo.
Caso contrário ela acabaria na rua...
A queixa ....
A queixa judicial, essa coisa fantástica que resolve tudo na nossa vida. Mesmo para aqueles que criticam permanentemente a justiça, recorrem a ela como se de um passatempo se tratasse e, espanto dos espantos, dizem nesses momentos que acreditam na verdade da justiça.
Quanto à MMG, ela falou em quê? Liberdade de quê? Informação? Será que ela se estava a referir aquele passatempo caricato que ela dirige em algumas noites no horário nobre, em que por vezes expressa uns comentários dignos de autênticas caricaturas?
Não me alongo mais, pois posso ser alvo de um processo. Ou será que isto é liberdade de expressão? Alguém que me esclareça.
Já agora, a MMG já processou quem lhe provocou aquele visual? Não? Curioso!!!!!!!
Qual jornalista?
Normalmente o jornalismo sério e credível é o que nos informa o "como, quem, quando, onde e porquê" isento de sentimentalismo ou sensacionalismo. O jornal da TVI às sextas-feiras não pode ser considerado reportagem, mas sim um comentário às notícias. Quando tem comentadores convidados, estes limitam-se a ouvir a pergunta e a resposta. É rara a noticia que não acaba com um "pois é...", ou "vamos ver...", ou "quem sabe...". Isto não é jornalismo.
MMG
Não ponho em causa a liberdade dos jornalistas de investigarem e exporem os seus pontos de vista, desde que o façam com isenção e sem outros objectivos que não sejam o apuramento da verdade. Trata-se, neste caso, da forma como os factos são expostos e do objectivo que perseguem. Os olhos de MMG destilam ódio; as palavras são insidiosas, as insinuações constantes, a insistência permanente. Esta mulher só será verdadeiramente feliz quando vir o PM atrás das grades.
Convém lembrar que, em democracia, quem faz justiça são os tribunais. Não alguém que têm à sua disposição um tempo de antena indeterminado e uma plateia de milhões de telespectadores. Condenar (assassinar) na praça pública é um crime da idade média, dos tempos da inquisição. MMM vestiu a pele do carrasco e fá-lo com prazer...
Boa noite! Eu sou a Manuela Guedes.
Começo por referir que, não perco tempo com tele-lixeiras como a SIC ou a TVI, aliás, de um modo geral, perco pouco tempo ou nenhum com televisão portuguesa, mas estou minimamente informado sobre o que se passa. Sei, por exemplo, que o tipo de telejornais apresentados nestes dois canais não se recomendam, que giram à volta dos "fait-divers" , do sensacionalismo, da peixeirada e por aí fora. Sei, também, que isso a que vulgarmente se chama ´Jornal Nacional´, apresentado à sexta-feira por essa personagem inanarrável, tirada de uma versão rasca do filme ´Batman´ é o noticiário mais visto no país. Isto diz bem do país que somos! Enfim, música para entreter incautos. Sei, também, segundo palavras da própria, que se há alguém que ela mais despreza é José Sócrates. Diz ela que, o primeiro-ministro convive mal com a liberdade de imprensa. Mas desde quando é que aquilo é jornalismo? Sócrates faz muito bem em processa-la. Quanto ao processo instaurado por ela, certamente que o primeiro-ministro não vai perder o sono por causa disso. Certamente, tem mais com que se preocupar. A propósito, li hoje no DN que, uma equipa de advogados da sociedade inglesa Dechert, concluiu que, Charles Smith (este sim, um verdadeiro corrupto), inventou a história dos subornos a José Sócrates para conseguir mais dinheiro do Freeport. Só vi uma referência a isto na RTP. E o resto? Andam distraídos? Rende mais, denegrir a imagem do primeiro-ministro. Pois é!!!
Re: Boa noite! Eu sou a Manuela Guedes.
Abrirei uma garrafa se...
Quando a TVI, mudar este formato espalhafatoso de botar notícias.
É pouco digna a maneira de explorar o "filão noticioso" que está na berra.....
video
quer dizer, o 1o ministro é citado como corrupto num video, usado como prova no tribunal ingles. A TVI, a unica emissora que consegue o VIDEO nao o pode difundir??
Eng.Socrates, a liberdade de imprensa foi uma das coisas obtidas depois do 25 de abril....
O senhor ficou muito nervoso, quem nao deve nao teme....
Manuela, espero que ganhe o seu processo, tenho uma verdadeira aversao a este governo corrupto e autoritario.
A Manuela Ferreira Leite, terá os defeitos que tiver, mas é inegavelmente séria e competente....vamos-lhe dar uma chance!!!! Este pais precisa de gente séria, transparente e nao deste bando de gente obscura, cinzenta...!!!
Força Manuela
haja alguém que faça frente a tanta arrogância e mentira
QUANDO OS CONTEÚDOS MEXEM COM CORRUPÇÕES...
A TVI começou a ser incómoda para Sócrates, como a SIC é incómoda para a Administração Local, pelas inúmeras anomalias apresentadas. A TVI tem uma excelente equipa de investigadores, depois os resultados estão à vista e não é por mero acaso que a TVI lidera de longe com a maioria de telespectadores. O Governo não quer que se fale nestes assuntos, mas o mesmo tem sido badalado no estrangeiro e a reputação de Sócrates é abalada. Aliás, é curioso como um processo se arrasta há perto de CINCO ANOS pelas secretárias da PJ. Depois Sócrates acusa as TVs e os jornais hostis. Sempre há cada uma! A sede do Poder...
Re: QUANDO OS CONTEÚDOS MEXEM COM CORRUPÇÕES...
O Moniz deu ordem...
O Moniz disse à sua mulher: processa o José Socrates, porque eu não posso.
A mulher diz ao Moniz:não podes, meu amor, porquê?
Porque no tempo do Cavaquismo eu trabalhava na RTP, e obedecia aquilo que me mandavam noticiar.Todos sabem isso e agora vão dizer em público. Fico tramado.
A mulher diz:não tenhas problemas, eu faço tudo, o que quiseres já sabes isso.
Olha se for chamada ao MP, vou fazer mais uma plástica e assim não me conhecem.
Diz o Moniz: eu sabia que tu eras muito minha amiga, mas tanto é que não sabia. Assim já posso dormir mais sossegado.
A mulher diz: dormir não, isso não quero, porque depois não te posso fazer nada de jeito. Se dormires muito, rasgo a boca toda e fico mais feia do que sou.
Moniz diz:Também meu amor, vou aumentar-te 5000 euros, para a plástica.Mas hoje vou dormir ok.
Comentários 139 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub