67
Anterior
Selecionador holandês exclui Portugal dos favoritos no Euro
Seguinte
Euro2012: Alemão Khedira quer tirar "vontade" a Cristiano Ronaldo
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Desporto  >  Euro 2012  >   Manuel José: "Seleção parece o Big Brother"

Manuel José: "Seleção parece o Big Brother"

Treinador português critica o "circo" montado à volta da seleção nacional. "Não acho que estejam criadas as condições para obter sucesso", diz Manuel José.
|
Manuel José diz que Paulo Bento "se está a deixar levar" com todo o "circo" montado em redor da seleção
Manuel José diz que Paulo Bento "se está a deixar levar" com todo o "circo" montado em redor da seleção / Getty Images

Frontal, direto e... pouco crente. Manuel José, treinador português que deixou recentemente o Al-Ahly devido à instabilidade social e política que domina o Egito, critica o ambiente que se criou à volta da seleção nacional e compara-o mesmo a um programa de TV: o "Big Brother".

"Parece um circo à volta da Seleção. No jogo com a Turquia, estavam a transmitir imagens de jogadores a ser massajados... Isto não pode acontecer, parece o 'Big Brother'", resumiu Manuel José à TSF. "Não acho que estejam criadas as condições para obter sucesso".

Até a situação do país é utilizada por Manuel José na análise negra ao futuro da equipa no Euro-2012: "Depois do jogo com a Macedónia, todos vimos os jogadores a ir de folga em carros de 400 mil euros num país em crise. Isso só aumenta a responsabilidade e agressividade do povo".

Paulo Bento também não passou ao lado das críticas de Manuel José. "Tenho o maior respeito e simpatia por ele mas acho que se está a deixar levar. Os jogadores têm de estar concentrados e com este circo é evidente que isso não se consegue. Portugal não é favorito nem tem a equipa do passado".


Opinião


Multimédia

Musse de maracujá

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 


Comentários 67 Comentar
ordenar por:
mais votados
merecemos
o que me lixa é saber que a seleção é a mais gastadora do certame. O pa´s mais pobre é o que gasta mais? E ninguém se revolta? Que gente...
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
Re: merecemos
E o das outras seleções não é $ privado?!
Re: E o das outras seleções não é $ privado?!
Re: merecemos
Quem diz a verdade não merece castigo
Lá diz o povo e com razão. Haja lucidez e bom senso por parte de alguém que sendo do mundo dos futebóis não está completamente inquinado pela porcaria que tresanda na Portugalândia. Manuel José tem razão. E sou insuspeita de falar pq nem gosto de futebol. Apoiei a selecção em 2004, pendurei as bandeiras, gritei, fiz isso tudo, mas agora, vão mas é trabalhar. Exibirem 400 mil euros em carrões cada um, quando há jogadores (se calhar mais talentosos do que eles!!) sem salário há meses?! Exibirem-se como se merecessem a Bola de Ouro à esquina quando em vez de marcarem golos, passam a vida a serem falados nas revistas do xuxial, por escandaleiras amorosas, questões de supostas quezílias de dinheiro fora a entourage parasitária que os rodeia (vide família do CR...)??? Ora, que caramba! Os nossos paralímpicos honram sempre a nossa bandeira e não têm nem metade das verbas (e se as merecem...).
Re: Quem diz a verdade não merece castigo
AONDE É QUE EU ASSINO, M. JOSÉ?
Será que tanta " gente responsável" não consegue ver isso?
A selecção é superpaga para jogar, e não para conviver!
Tem toda a razão M. José
Re: Tem toda a razão M. José
Re: Tem toda a razão M. José
VERGONHA NACIONAL! - Custo da Diária das Seleções
Re: VERGONHA NACIONAL! - Custo da Diária das Seleç
Manuel José: o ressabiado com razão !
Re: Manuel José: o ressabiado com razão !
Re: Manuel José: o ressabiado com razão !
Re: Manuel José: o ressabiado com razão !
Re: AONDE É QUE EU ASSINO, M. JOSÉ?
Oh Manel !!

E cadê as gajas, para alegrar o quadro !!??

Mas concordo, é um pouco circo, quase que bimbo !!
Será que ele queria ser o selecionador?...
E o circo continua. Consta que a selecção portuguesa é quem gasta mais no Hotel. Mais do que outros países ricos, apesar da crise.......O melhor seria regressar o mais depressa possivel para se poupar algum? Tambem não quero ser assim tão mausinho....
Re: Será que ele queria ser o selecionador?...
Aplaudo de pé!
A isto chama-se "pegar o touro pelos cornos".

Independentemente dos resultados, a preparação da selecção não foi um circo!

FOI UMA GIGANTESCA PALHAÇADA
Não podia estar mais de acordo....


mas como dizia o relator desportivo...

"é disto que o meu Povo gosta"...

às 9 Horas o Ronaldo pegou no guardanapo

às 9 e 2 virou a pala do boné para o lado direito da orelha esquerda...

às 9 e 15 cheirou mal e todos se acusaram....
"É disto que o Povo gosta"
O Povo gosta disto e muitos de futebol, a seleção não pode deixar de conviver com essa realidade, seria o bom e o bonito se os treinos fossem à porta fechada, se os jogadores não comparecessem nas festas da aldeia de Óbidos, se não se abrisse um pouco a porta do quartel para as objectivas espreitarem um pouco do que é aquela vida. Todavia, deve ser feito sem exageros, os jogadores para receberem o banho de multidão devem primeiro ganhar qualquer coisa e por cá acontece precisamente o oposto, idolatram-se artistas com pé de chumbo mas que se sentem os maiores do Mundo. Basta ver que só faltou em Óbidos a bonita MAMAOT que deveria andar a ver o preço da alface na feira da Lourinhã. Contrariamente à esmagadora maioria dos comentadores, não elogiu M José, porque mais uma vez é, talvez esteja errado, a voz dos ressabiados, só falta C Queirós para o ramalhete ficar completo.
VERGONHA NACIONAL - Custo da Diária das Seleções
1. Portugal - Opalenica 33.174 € !!!
2. Russia - Varsóvia 30.400 €
3. Polónia - Varsóvia 24.000 €
4. Irlanda - Sopot 23.000 €
5. Alemanha - Gdansk 22.500 €
6. Republica Checa - Wroclaw 22.200 €
7. Inglaterra - Cracóvia 19.000 €
8. Holanda - Cracóvia 16.200 €
9. Italia - Wieliczka 10.500 €
10. Croácia - Warka 8.300 €
11. Dinamarca - Kolobrzeg 7.700 €
12. Espanha - Gniewino 4.700 €

Mais palavras para quê? São artistas portugueses...
Re: VERGONHA NACIONAL - Custo da Diária das Seleçõ
Re: VERGONHA NACIONAL - Custo da Diária das Seleçõ
Re: VERGONHA NACIONAL - Custo da Diária das Seleçõ
Re: VERGONHA NACIONAL - Custo da Diária das Seleçõ
!!! Censura no Expresso Online !!!
No Expresso Online a Censura existe!!!
Porque viola o Exp.Online os seus termos de utilização, censurando e apagando utilizadores válidos que nunca aqui fizeram qualquer comentário ofensivo?
Existe aqui um botão com o nome "Regras de Utilização", em que se afirma textualmente no ponto 5:

«Nunca estarão em causa questões de opinião, mas apenas a utilização de linguagem imprópria ou injúrias a terceiros.»

Ora não existindo "linguagem imprópria ou injúrias a terceiros." que mais poderá existir para que ultimamente diversos utilizadores tenham visto TODOS os seus comentários apagados, e noutros casos estejam IMPEDIDOS DE ACEDER ao Expresso Online, sem sequer terem sido avisados por email? Porque não responde o Expresso Online aos utilizadores que colocam questões no endereço que ele próprio fornece para o efeito? Que se passa aqui, QUE UM SIMPLES ADMINISTRADOR DE FÓRUM PODE APAGAR UTILIZADORES usando para o efeito os seus próprios critérios altamente discricionários e que violam os próprios termos de utilização!

Como funciona esta comunidade, em que até é necessário efectuar "crossposting" para várias notícias, para SE PODER PROTESTAR LEGITIMAMENTE contra a discricionariedade de qualquer fulano, que por iniciativa própria ou a pedido de terceiros, resolva CENSURAR sem qualquer motivo válido, utilizadores que nada fizeram de errado? Sim, trata-se de eliminação de utilizadores e de comentários educados por parte do gestor do Fórum!!!!!!
PS: PODEM APAGAR ESTE TB!
Para quê tanto espanto ?
Eu penso, que os rapazes do «COICE na BOLA» deviam ser açoitados na praça Pública ... de cada vez que jogassem mal ! Eles são pagos para fingir que Portugal é um caso de SUCESSO no desporto, quando na verdade, é um caso para se esquecer e bem depressa, pois os velhos tempos do "INZÈBIO" já ficaram lá nos anos 60 do Século passado ! Hoje em dia os Coiceboleiros só pensam em ganhar «O DELES» ... e não em ganhar jogos !
Se assim não for...chapeau
Manuel José tem toda a razão. O facto de termos um seleccionador honesto e respeitável e um grande jogador (quando joga em grandes equipas) não significa que tenhamos uma equipa capaz de se bater por lugares a que já chegámos antes.
As questões mediáticas extra futebol e a vida rica que fazem em tempos de crise são questões cada vez mais relevantes mas talvez ainda não sejam determinantes para o rendimento da selecção neste europeu até porque nos nossos adversários passa-se o mesmo.
O nível futebolístico menos forte que outros tempos e os fortíssimos adversários que temos no grupo tornam improvável a qualificação de Portugal para os quartos de final. O normal é que disputemos o 3º e o 4º lugar no grupo com a Dinamarca, apurando-se a Alemanha e a Holanda.
Se assim não for, então teremos que tirar o chapéu a uma selecção que fez mais do que o normal.
Notável...
...os comentários de alguém com experiência, frontal e conhecedor da realidade do futebol...custa ouvir...mas só para aqueles que andam cegos com os ronaldos os pepes e restante cambada...uma selecção de um país tem de representar o país, no seu melhor, mas também no seu pior...vejam os fatos, a maioria nem um nó da gravata sabem fazer...depois aquele espectáculo do desfile dos automóveis...enfim viver no reino dos reis... mas sem olhar para o reino dos outros...
O circo da selecção.
Não tenho parado de dizer por aqui, exactamente isto. Finalmente um homem sensato. Os media são, quanto a mim, os grandes culpados do descalabro a que temos assistido.
Re: O circo da selecção.
"TODA!
O Manuel José tem toda a razão no que diz.
Espero que se engane um bocadinho mas apenas porque dáva um certo jeito para as cabeças redondas do quintal.
Claro que a acontecer um brilharete será mesmo do outro Mundo e aí teremos de aplaudir.
Vamos ver, mas o melhor é criticar desde já o circo parolo e a saloiada pegada.
kácus
Comentários 67 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub