E vão três. Mais um Bush na fila para a presidência

Anterior
Fnac está à venda
Seguinte
Mediadores temem risco de "bolha imobiliária"
Página Inicial   >  Economia  >   Mais de meio milhão de imóveis têm isenção de IMI

Mais de meio milhão de imóveis têm isenção de IMI

Existem 565.534 imóveis urbanos com isenção permanente de Imposto Municipal sobre Imóveis, revela um estudo da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal a que o Expresso teve acesso.

|

A Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP) revelou hoje que há 565.534 imóveis urbanos com isenção permanente de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

Depois de feita a reavaliação dos imóveis urbanos em curso, Portugal será, segundo aquela associação, o segundo país da União Europeia que mais tributa o património imobiliário, a seguir a Dinamarca.

Luis Lima, presidente da APEMIP, disse hoje durante a apresentação pública de um estudo sobre o mercado imobiliário e a tributação do património, que se irá bater pela manutenção da cláusula de salvaguarda. Essa cláusula, que o Governo anunciou que iria abolir, prevê que os aumentos de IMI resultantes da reavaliação de imóveis não seja superior a 75 euros até 2015.

O presidente da APEMIP lembrou ainda que o impacto do aumento do IMI chegará rapidamente à banca, que tem atualmente 114 mil milhões de euros em crédito hipotecário. Ou seja, o próprio sistema bancário poderá ser fortemente abalado pelo aumento do IMI que, segundo, Luis Lima, irá depreciar fortemente o valor dos ativos imobiliários.

Opinião


Multimédia

Geração Z

Mais rápidos, mais capazes, mais solitários, os Z vivem agarrados aos ecrãs, pensam com a ajuda da internet e estão permanentemente preocupados com a bateria do telemóvel. Que geração é esta que nasceu com a viragem do século?

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.


Comentários 66 Comentar
ordenar por:
mais votados
Mário Soares paga IMI?
É uma vergonha,ele que tem tantas casas!
Re: Mário Soares paga IMI?
Re: Mário Soares paga IMI?
Re: Mário Soares paga IMI?
Re: Mário Soares paga IMI?
Nada me faz sentido...
A progressividade do IMI tendo em conta o valor dos imóveis não foi aplicada...as isenções permanecem... o IMI especial para off-shores foi sonegado do código...e para cumulo alguns partidos ainda defendem clausulas de salvaguarda....para um racional, tendo em conta que, esta crise da dívida teve um fortíssimo impulso do mercado imobiliário…dá que pensar...e os outros!!!!! Aqueles que racionalmente não se endividaram...aqueles que não contribuíram para a bola de neve....em Portugal... sem sequer ter em conta o custo pago pela falta de oportunidade.... Também terão que pagar todas estas mordomias aos mais incautos e despesistas......é um aumento de impostos genérico (IRS) para proteger alguns, ainda por cima co-responsáveis pelo estado do país… enfim a cultura do erro compensa....injustiça...roubo…estão a ser vitimas aquelas famílias não compraram casa….isso sim…e justo seria… o fim das isenções salvaguardas (tão a gosto dos políticos que a pretexto de salvaguardar alguns …omitem o prejuízo de todos os outros…) e afins…é o país que temos….
Re: Nada me faz sentido...
Re: Nada me faz sentido...
AINDA HÁ MAIS!!!!!!
UTILIDADE PUBLICA = FUNDAÇÕES (PRIVADAS E PUBLICAS) + CLUBES DESPORTIVOS + IPSS + MARCHAS DE CARNAVAL + FILARMONICAS, ETC, ETC......
PAGANTES = CONTRIBUINTES
!
A notícia podia ser mais completa e dizer quais são, no geral, os imóveis que estão isentos.
Lembro-me muito bem de o meu pai dizer, há mais de 50 anos e em pleno salazarismo, que o Estado não era muito exigente e não castigava muito os proprietarios.
O meu pai não era latifundiário. Tinha apenas uma casa pequena para viver e menos de meio hectar de terra para cultivar. É por estas e por outars que, de vez em quando, me refiro aqui ao Estado Novo e ao salazarismo e alguns me vêm depois chamar fascista e nazí, como já tem acontecido.
Que raio de País é este que está na cauda da Europa, que tem os salários mínimo e médio mais baixos da UE. e que é o segundo a seguir à Dinamarca em IMI?
Que País é este que tem a gasolina mais acra da U. E.?
Que País é este que foi o segundo no mundo, a seguri à Aregentina, que aumentou mais os impostos desde 2009?
Que país é este que tem uma dívia pública das maiores do Mundo?
Que País é este que tem as maiores taxas de desemprego da Europa?

Re: !
Re: !
Re: !
Re: !
mais-de-meio-milhao-de-imoveis-tem-isencao-de-imi
Isto ainda vai dar uma bulha maior que a da Maria da Fonte. Isto é nada mais nada menos que a cereja que faltava em cima do bolo, para acabar com a construção civil, que andou durante anos a dar emprego em Portugal. Com a Lei das rendas que vigorou até aqui, os senhorios foram empobrecendo, mas agora roubam-lhe o pouco que lhe deixaram e provavelmente muito vão ter de ir a viver para debaixo da ponte. Assim um País vai ao fundo e o seu povo à miséria, mas para incompetência é de mais e não há dúvida que se trata de uma questão ideológica. No meio de tudo isto há aqueles que continuam a passar pelos intervalos da chuva sem se molhar.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/governo-consulta-google-maps-para-ver.html
Re: mais-de-meio-milhao-de-imoveis-tem-isencao-de-
Re: mais-de-meio-milhao-de-imoveis-tem-isencao-de-
Isenção de IMI
Fundações , Off-Shores , Bamcos e Seguradores não pagam IMI !!!
Isto têm que acabar já !!!!
A Isenção do IMI têm que acabar imediatamente .
A Solução passa por medidas muito simples ...
Se não acontecer uma reviravolta urgente é necessário e vai ser feito !!!
É um escândalo

E a pagar este escândalo anda uma minoria de proprietários a pagar contribuições ALTÍSSIMAS derivadas do ACTUAL regime do IMI que não abrange os imóveis mais antigos.

Estes imóveis mais antigos (anteriores a 2005) , de facto, ou não paga absolutamente nada ou paga ninharias.

Bastante estranho é pois verificar como o alarido sobre o tema não aborda este facto absolutamente discriminatório ! Estranho, para não dizer estúpido !
Re: Está a esquecer-se do pressuposto
Re: Está a esquecer-se do pressuposto
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
Re: É um escândalo
uma das razões de existência das fundações
Deixem existir as fundações, sem subsídios do estado e sem isenções fiscais e vão vê-las a desaparecer, como que por milagre...

Uma entidade, privada ou pública, unipessoal ou colectiva, com imóveis, não pode ser isentada do IMI, qd. qq pessoa humilde, que tenha um T0 num sítio humilde qq, tem de pagar IMI, ainda mais sobre um valor patrimonial actualizado...

E isenções PERMANENTES?! Então se o imóvel for vendido, continua isento?

E os fundos imobiliários que estão isentos de IMI?
Re: que grande confusão!
Re: que grande confusão!
enquanto andaram a pagar 10 € de imi
ao longo dos anos nunca se queixaram que pagavam pouco...cobravam rendas de 400/500/600€, e pagavam 10euritos de imi...
agora que a mama acabou, é vê-los a berrar por todo o lado....
PS.:isto das isenções é giro, o marocas e a esposa têm cada um uma fundaçãozinha...quanto pagam de imi?
e pelos colegios? pagarão quanto tb?
pobres coitados...até ali para os lados do campo grande numa rua que tem o nome do papá devem ter a sua isençãozinha...
e depois ainda vem pra tele mandar bitaites...
LADRÃO!
MENTIRA DO IMI
Maioria dos prédios vendidos nas ultimas décadas foram escriturados por valores FALSOS. Vendedores fugiam ao IRS/IRC e Compradores à SISA/IMT. Andaram estes anos todos ISENTOS ou a pagar pouco. Agora, feita uma revalorização têm que pagar COMO EU PAGO HÁ MUITOS ANOS!!! SE HOUVER CLAUSULA DE SALVAGUARDA, EU TAMBÉM QUERO REDUÇÃO DO MEU IMI, JÁ QUE DECLAREI O REAL, DESDE A ESCRITURA!!!!! IDE MAMAR!!!
Re: MENTIRA DO IMI
Re: MENTIRA DO IMI
cavaco e a coelha
a casa do cavaco e dos catrogas na coelha devem estar isentos, de certeza!
imi : mais uma merdosa tributação.
Afinal quem avalia quem?
Parece-me escandaloso
AINDA HÁ MAIS!!!!!!
CLUBES DESPORTIVOS DA 1ª E 2ª LIGAS PROFISSIONAIS TANTO DE FUTEBOL COMO DE BASQUETEBOL E OUTRAS MODALIDADES «OLIMPICAS»....

MUITO TRABALHO PARA CORTAR NA «DESPESA ESCONDIDA»
Parece-me escandaloso
Que alguém pague em Lisboa 20 euros por ano, por um imóvel com uma avaliação super desatualizada, quando se a avaliação fosse recente teria de pagar uns 200 ou 300.

A maioria das pessoas da minha província, perto do Porto, pagam uns 150/200 euros por apartamentos com um valor de 80000 euros.

Tem de ser igual para todos, não é uns andar a comer a custa dos outros.
Re: Parece-me escandaloso
Discordo
Re: Parece-me escandaloso
Comentários 66 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador

PUBLICIDADE

Pub