0
Anterior
Compras fora de horas e com desconto, hoje, nas lojas de luxo
Seguinte
Cabelos na moda para o outono
Página Inicial   >  Cultura  >  Moda  >   Levi's à escolha conforme as curvas

Levi's à escolha conforme as curvas

A Levi's lançou em Londres uma campanha feminina e quer revolucionar os jeans. O truque está nas curvas 
|
Levi's à escolha conforme as curvas

Dizem eles que descobriram a pólvora. Eis a Levi's, um século depois de ter inventado a peça de roupa mais democrática do planeta e o maior ícone de sempre em matéria de ganga (as lendárias calças 501) a querer posicionar-se novamente no mapa das tendências de moda, alterando mentalidades.

A ideia é mudar a forma como as mulheres passarão a olhar para o corpo quando procurarem o seu novo par de jeans. Acabou-se a tirania do número. Vivam as curvas, sublinham. O segredo esconde-se aqui. Quem quiser saber a sua real medida tem de se confrontar com uma fita-métrica, medir a cintura, a altura e a anca e descobrir o seu tipo de curva.

Estamos na nova loja da Levi's, no centro de Londres, Regent Street, e You Nguyen um americano de origem vietnamita desce as escadas de madeira num cenário vagamente saloon. É o vice-presidente e criativo da marca para o mercado europeu e revela que a nova linha feminina da multinacional, para onde trabalha há sete anos, fez uma pesquisa séria para acabar com a frustração da maioria das mulheres em matéria de calças de ganga. Garante You que a grande maioria das mulheres não consegue acertar com o seu par de calças. "Há muito tempo que tínhamos chegado há conclusão de que as mulheres se sentem frustradas quando querem comprar um par de jeans e acreditamos que a fórmula ideal existe", afirma. Durante 14 meses fizeram uma pesquisa exaustiva junto de 60 mil corpos vulgares, de mulheres que povoam o mundo. Analisaram num programa 3D as diferenças. A partir daqui identificaram três tipos de corpos nos quais se enquadra 80 por cento da população feminina e desenharam as Levi's Curve ID que incluem modelos baseados em três tipos de curvas: "Slight", "Demi" e "Bold".

Assim, a tradicional Levi's que durante décadas celebrou a emancipação das mulheres que reivindicavam a igualdade de géneros em modelos de calças de corte unissexo e nos últimos anos perdeu muita da sua clientela feminina para marcas como Salsa e Pepe Jeans, entra em força no século XXI com um novo lema: vive confortável e sexy no teu corpo, aprendendo a tua medida.

Publicado na Revista Única do Expresso de 18 de Setembro de 2010


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 0 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub