0
Anterior
Leve os seus filhos (4 a 10 de Abril)
Seguinte
Leve os seus filhos (18 a 24 de Abril)
Página Inicial   >  Cultura  >  Leve as suas crianças  >   Leve os seus filhos (10 a 17 de Abril)

Leve os seus filhos (10 a 17 de Abril)

|
Leve os seus filhos (10 a 17 de Abril)

MUSEU ARQUEOLÓGICO DO CARMO
Largo do Carmo, Lisboa
Tel. 213 478 629 e 213 460 473
Visitas O Serviço Educativo do museu está a organizar, durante o mês de Abril, o programa de visitas em família "Sábados nas Ruínas do Carmo", visando estreitar as ligações entre o público e o monumento histórico. O conjunto de actividades oferecidas a crianças, jovens e adultos inclui visitas guiadas às ruínas do convento e ao Museu Arqueológico. Nos dias 11 e 25 de Abril, às 11h e às 15h. Estas actividades não necessitam de marcação prévia.

LISBOA E ARREDORES

Museu do Oriente
Avenida de Brasília, Lisboa
Tel. 213 585 299 e 213 585 244
Ioga O museu está a oferecer às crianças aulas de ioga, onde se ensinam técnicas de relaxamento e uma nova forma de estar na vida. Organizada em colaboração com a Federação Portuguesa de Yoga, a iniciativa tem como principais objectivos o autoconhecimento, o equilíbrio entre o corpo e a mente e a promoção da saúde física e espiritual. Todos os sábados, das 11h às 12h, mediante marcação prévia.

Museu Nacional de História Natural
Rua da Escola Politécnica, 56/58, Lisboa
Tel. 213 921 855 e 213 921 679
Exposição O museu apresenta "Allosaurus: Um Dinossáurio, Dois Continentes?", uma mostra que percorre os passos de uma investigação científica em curso até à descoberta de fósseis de Allosaurus fragilis em Portugal, com painéis informativos, fotografias, ilustrações científicas e 16 réplicas de esqueletos ou crânios de diversas espécies de dinossáurios. A exposição está patente até 2010, de terça a sexta das 10h às 17h e sábados e domingos das 11h às 18h (encerra às segundas e feriados).

Forte do Bom Sucesso
Jardim da Torre de Belém, Lisboa
Tel. 969 562 064
Pirataria "Piratas, os Ladrões do Mar" é uma exposição que conta a história da pirataria desde o início do comércio marítimo até aos nossos dias. A mostra é composta por 60 peças, sendo que 80 por cento são objectos originais, recolhidos em escavações sub-aquáticas no Mar do Caribe e Norte de África. A exposição inclui armas, moedas, instrumentos de navegação, maquetas de barcos, torres de defesa, postos de combate, utensílios de vida a bordo como garrafas e botijas, textos, desenhos, croquis, mapas antigos, e muitas outras peças com mais de 2000 anos, além de seis figuras de piratas à escala real, vestidas com o tipo de roupa usada na época de ouro da pirataria. A mostra já percorreu nove cidades de outros países antes de vir para Portugal e no Museu Marítimo de Barcelona teve 76.840 visitantes. A mostra, aberta todos os dias, das 10h às 17h, está patente até 31 de Maio.

Teatro Bocage
Rua Manuel Soares Guedes, 13-A, Lisboa
Tel. 912 449 909
Espectáculos Durante o mês de Abril, o teatro encena dois espectáculos. "El-Rei Tadinho no Reino das Cem Janelas", conta a história de um monarca muito distraído, um dragão e uma bruxa, aos domingos, às 11h. E "Capuchinho Encarnado", uma peça inovadora, onde nem todos os lobos são maus, aos sábados e domingos, às 16h. Ambos estão em cartaz até 26 de Abril.

Teatro-Estúdio Mário Viegas
Largo do Picadeiro, s/n, Lisboa
Tel. 213 257 652
Animais A Companhia Teatral do Chiado leva à cena a peça "Perguntem aos Vossos Gatos e aos Vossos Cães", onde o mundo é visto pelos olhos dos animais, ou seja, os animais levam a vida dos humanos e os humanos são os seus bichos de estimação, e onde se questiona como seria a vida dos humanos se os animais fossem os seus donos. Até ao dia 31 de Maio, aos domingos às 16h.

Teatro Papa-Léguas
Rua Professor Santos Lucas, 36-A, Lisboa
Tel. 210 970 654
Capuchinho "Porque É Que o Capuchinho É Vermelho?" é uma peça que explica não só a que se deve a cor da capa como conta a história da famosa menina de uma nova forma, já que esta, além da avó e do lobo, encontra também um pintor, uma velhota transparente, um hippie, uma árvore mágica e um caçador-doutor. Até 30 de Maio, de terça a sexta às 11h e às 14h e aos sábados às 16h.

Teatro da Trindade
Largo da Trindade, 7-A, Lisboa
Tel. 213 420 000
Palhaços "Claribombo" é uma peça para maiores de 4 anos, construída em torno do ritmo e das brincadeiras dos palhaços. Até 25 de Abril, aos sábados, às 16h. Disponível para escolas, durante a semana, até 24 de Abril, mediante marcação prévia.

Centro de Exposições Freeport
Avenida Euro 2004 - Alcochete
Tel. 212 343 501
Monstros "Mitos e Monstros" é uma exposição realizada sob a chancela do Museu de História Natural de Londres que pretende desvendar a verdade sobre as criaturas mitológicas. O visitante poderá ver estranhos seres, como o dragão, a fénix, o cíclope, a quimera, o unicórnio e diversos outros. Até 10 de Maio, aos sábados e domingos, das 12h às 18h. Aberta também durante a Páscoa, de 6 a 17 de Abril, à mesma hora

Quinta da Regaleira
Centro Histórico, Sintra
Tel. 219 106 650 e 919 053 476
Duende A companhia Teatro TapaFuros apresenta "As Aventuras de Puck, o Duende", numa adaptação livre da versão infantil de Hélia Correia da peça "Sonho de Uma Noite de Verão", de William Shakespeare. Até 26 de Abril, aos sábados, às 16h, e aos domingos, às 11h30. Disponível de segunda a sexta, para escolas e grupos, mediante marcação prévia.

Auditório do Espaço Monsanto
Parque Florestal de Monsanto, Lisboa
Tel. 218 460 738
Submarino "A Expedição do Comandante Tapa-Tôtô" é um espectáculo de teatro-circo sobre uma atribulada viagem de submarino onde existe muita interacção directa com o público. Nos dias 11, 12, 25 e 26 de Abril e de 2 a 24 de Maio, sempre às 16h. Disponível para escolas ou grupos, durante a semana, às 10h30 e 15h, mediante marcação.

Auditório do Espaço Monsanto
Parque Florestal de Monsanto, Lisboa
Tel. 218 460 738
Magias "Futurcirkus" é um espectáculo de teatro-circo para maiores de 4 anos, sobre o roubo da Varinha dos Poderes, que controla os universos, realizado pelas forças do mal, e a luta do menino Sirius e do duende Henano para recuperar o poderoso artefacto. No dia 25 de Abril, às 11h. Durante a semana, disponível para escolas, sob marcação.


NORTE

Fundação de Serralves
Rua D. João de Castro, 210, Porto
Tel. 226 156 500
Oficina O Serviço Educativo da Fundação de Serralves convida os mais novos a participarem na oficina "O Lugar do Jogo", imaginada para desenvolver capacidades de expressão e comunicação de forma acompanhada através do jogo e da manipulação de materiais. As crianças vão poder brincar, mexer, descobrir e construir, encontrando estímulos na arte e na natureza. Nos dias 19 e 26 de Abril e 10, 17 e 24 de Maio, das 11h às 13h, para crianças dos 3 aos 5 anos, mediante marcação prévia.

Museu da Ciência - Laboratório Chimic
Largo Marquês de Pombal, Coimbra
Tel. 239 854 350
Ateliê Venha perceber como é que os seres humanos conquistam o espaço com sondas, satélites e foguetões e ao mesmo tempo explorar, descobrir e conhecer o Universo no ateliê "Sputnik em Órbita", integrado no ciclo "Sábados no Museu". No dia 11 de Abril, das 15h às 16h30, para crianças a partir dos 8 anos. E não esqueça que no programa "Aniversário no Chimico" o museu propõe que venha fazer a sua festa de anos, durante três horas, nas suas instalações. Aos sábados das 10h às 13h ou aos domingos das 10h às 13h e das 15h às 18h. Estas actividades exigem marcação prévia.

Faça-nos chegar informações

Se tem informações sobre actividades para crianças e jovens, contacte Pedro Andrade através do mail: pandrade@expresso.impresa.pt


Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 0 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub