Siga-nos

Perfil

Legislativas 2015

Legislativas 2015

“Pela minha parte, a atitude que tenho bate certo com o nome desta rua”: as frases que marcaram o dia

  • 333

DR

À saída das urnas, Passos e Portas manifestaram “esperança” no resultado eleitoral. Costa garantiu também estar “confiante” na “ambição dos portugueses”. Salgado, Sócrates e Vara sublinharam, por seu turno, o dever cívico de votar

Passos Coelho

“Hoje é o dia da esperança. Acredito que os próximos quatro anos em Portugal serão muito diferentes dos anteriores quatro.”

António Costa

“Há muito tempo que não havia umas eleições em que cada voto fosse tão importante. A campanha eleitoral revelou que os portugueses têm uma enorme vontade de mudar de política e de Governo.”

Paulo Portas

“Pela minha parte, a atitude que tenho bate certo com o nome desta rua, que como sabem é Rua da Esperança.”

Cavaco Silva

“Especulações não faço, aguardo com toda a serenidade o conhecimento dos resultados e amanhã, como se costuma dizer, é um dia em que o Presidente da República tem de refletir muito, muito, muito bem.”

Catarina Martins

“Temos tidos eleições com muita abstenção e isso não é uma forma de construir soluções.”

Jerónimo de Sousa

“Estas eleições podem determinar muito da evolução da vida política nacional. Votar é um direito que custou a conquistar.”

António José Seguro

“Acredito no civismo próprio que caracteriza o povo português.”

José Sócrates

“Há um tempo para tudo e hoje é o tempo e o dia em que se tomam decisões importantes, e é preciso respeitar esse tempo.”

Ricardo Salgado

“Vamos cumprir os nossos deveres de cidadãos portugueses. O voto é uma obrigação. Continuo a acreditar que o país segue em frente.”

Armando Vara

“Votar não é só um direito, mas um dever de qualquer cidadão."