Siga-nos

Perfil

Legislativas 2015

Legislativas 2015

“Nós seremos a esquerda convergente, consequente e responsável”

  • 333

Rui Tavares anunciou esta noite o fim do "arco da governação"

José Caria

Apoteose no Teatro Municipal Maria Matos, em Lisboa. Rui Tavares, cabeça de lista do Livre/Tempo de Avançar pelo círculo de Lisboa, reage às projeções que dão ao partido a possibilidade de eleger um deputado

Com as primeiras projeções a darem ao Livre/Tempo de Avançar (L/TDA) a possibilidade de eleger um deputado, Rui Tavares anuncia o fim do "arco da governação". "É necessário que todos os atores polticos, especialmente o Presidente da República, tomem bem nota desta realidade", conclui.

O líder partidário reforça ainda que o L/TDA é "a novidade na política portuguesa", e que a entrada no Parlamento será mesmo uma realidade. "Nós seremos a esquerda convergente, consequente e responsável", promete.

Congratulando-se com o fim da maioria de direita, Rui Tavares afirma que a coligação "perdeu a capacidade de governar e a legitimidade para prosseguir com as suas políticas", e que este é possivelmente o "melhor resultado dos partidos à esquerda do PS".

Por último, Tavares fala dos números da abstenção e da emigração. O cabeça de lista considera-os bons, embora "não cheguem". "É sempre bom que a abstenção desça, mas é sempre mau que as pessoas sejam obrigadas a sair do país".