Siga-nos

Perfil

Legislativas 2015

Legislativas 2015

Coligação vence. E Bloco ultrapassa CDU

  • 333

Luís Barra

Projeções da Eurosondagem apontam para vitória folgada do PSD/CDS. PS é derrotado. E a outra surpresa da noite é que o Bloco ultrapassa a CDU

Bernardo Ferrão

Bernardo Ferrão

Texto

Subdiretor da SIC

Jaime Figueiredo

Jaime Figueiredo

Infografia

Infográfico

A coligação não consegue maioria absoluta, mas na previsão da Eurosondagem para o Expresso / SIC, e no intervalo máximo, pode ficar próxima. A votação no PàF ficará entre os 36,4% e os 40,2%, o que em mandatos pode dar entre 100 a 108.

No PS, a derrota pode ser pesada. Nas projeções para o Expresso/SIC, os socialistas ficam entre os 29,5% e os 33,1%, convertidos para 84 a 90 lugares no Parlamento. Recorde-se que no ano passado, nas Europeias, o PS conseguiu 31,6%, um resultado que foi considerado mau e que esteve na base da mudança de líder.

A outra surpresa da noite está no Bloco de Esquerda, que pode ultrapassar a votação na CDU. Os bloquistas registam entre 8,1% e os 10,5% e podem conseguir entre 16 a 19 mandatos. E se assim for, o BE mais do que duplica o número de deputados, devendo superar a maior bancada de sempre que conseguiu em 2009, com 16 mandatos.

Com os comunistas, o intervalo irá de 6,8% até aos 9%, o que significará 15 a 18 mandatos. A CDU arrisca perder um relativamente a 2011.

Entre os outros partidos, o Livre e o PAN podem conseguir um mandato cada.

  • “Vence o PàF, ganham todos, perde o PS”

    A análise preliminar às primeiras sondagens da noite mostram a vitória inequívoca da coligação de direita, faltando saber a sua dimensão e que condições de governabilidade subsistirão no novo Parlamento. O PS tem uma grande derrota. PCP pode subir e BE pode ter um grande resultado – haverá nesse caso festa rija nas sedes da PàF do Bloco de Esquerda. E há espaço ainda para eleição entre pequenos partidos. O comentário de Pedro Santos Guerreiro.