Siga-nos

Perfil

Legislativas 2015

Legislativas 2015

Jerónimo: “Não vou falar do PS, senão António Costa fica nervoso”

  • 333

Marcos Borga

Na tradicional arruada pela Rua de Santa Catarina, no Porto, o líder da CDU foi interpelado por cidadãos que pediram um entendimento com o PS, mas o repto ficou sem resposta

O repto foi claro: “Fale menos do PS e mais da miséria social”, pediu um eleitor a Jerónimo de Sousa no início da tradicional e muito participada arruada pela Rua de Santa Catarina, no Porto. Mas o líder da CDU não quis voltar a falar dos socialistas para “poupar os nervos” de António Costa.

“Não vou falar do PS outra vez, senão vocês transmitem isso e António Costa fica nervoso”, brincou Jerónimo de Sousa, questionado pelos jornalistas sobre os reptos frequentes que tem ouvido nas ruas ao longo desta campanha por parte de eleitores que pedem um entendimento à esquerda.

O secretário-geral do PCP e líder da Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta o partido aos Verdes, referia-se implicitamente às declarações de António Costa, que acusou terça-feira os comunistas e o Bloco de Esquerda de estarem a “desperdiçar energias” ao atacar o PS.

Além de reiterar a meta eleitoral de crescer em número de votos e de mandatos, Jerónimo de Sousa frisou que o principal objetivo nas legislativas de domingo é derrotar a direita. Ainda assim, o líder da CDU sublinhou mais uma vez que não basta mudar de rostos, mas de políticas.

Marcos Borga

Apesar de afirmar não querer falar do PS, Jerónimo de Sousa não conseguiu evitar um novo ataque aos socialistas, reiterando que a CDU nunca abandonou o combate político ao Governo nos últimos quatro anos, ao passo que o PS “quase nunca esteve lá”.

Perante centenas de militantes, Jerónimo voltou a afirmar que a “política de destruição e de retrocesso económico e social” foi conduzida à vez pelo PS, PSD e CDS, defendendo que só a CDU representa “um caminho novo”.

Numa das mais participadas arruadas desta campanha eleitoral, o secretário-geral do PCP, acompanhado da líder parlamentar dos Verdes, Heloísa Apolónia, atravessou a Rua de Santa Catarina cruzando-se com dezenas de cidadãos que não quiseram perder a oportunidade de o cumprimentar, entre as quais o famoso adepto do Boavista “Manuel do Laço “.

O dia de campanha da CDU termina esta quarta-feira à noite com um comício em Braga, o primeiro ao ar livre.