Siga-nos

Perfil

Legislativas 2015

Legislativas 2015

Campanha começa com guerra de números: €1020 milhões contra €600 milhões

  • 333

rui duarte silva e luís barra

É só o segundo dia oficial de campanha e os ataques sobem de tom. Costa de um lado, Passos e Portas do outro. Sempre com o tema segurança social e pensões em cima da mesa

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Texto

Jornalista da secção Política

Luís Barra

Luís Barra

Fotos

Fotojornalista

Ao segundo dia oficial de campanha, surpresa!, o mundo continua a girar: houve eleições na Grécia (que o Syriza voltou a vencer), as aulas reabriram em todas as escolas públicas nacionais, a Soflusa (empresa de transportes responsável pelas travessias do Tejo) iniciou mais um dia de greve parcial (o primeiro de sete). Faltam dois dias para a chegada do outono, mas o verão não parece querer ir-se embora, talvez com insaciável curiosidade em saber quem ganha as eleições e se quem tiver mais votos conseguirá efetivamente ter mais deputados.

A questão, levantada pela sondagem Expresso/SIC/Eurosndagem da última sexta-feira, não é de somenos, nem é assim tão improvável, a acreditar nos especialistas, mas as duas principais forças políticas preferem não especular sobre cenários e concentrar-se naquilo que verdadeiramente (lhes) importa neste momento: convencer o máximo de eleitores possível, garantir nas urnas a maioria indiscutível que não dê hipótese ao Presidente da República de pensar duas vezes a quem deve entregar a chave da residência oficial de São Bento.

Nesta luta, que já é feroz, a coligação ataca em dose dupla, várias vezes ao dia.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI