Siga-nos

Perfil

Legislativas 2015

Legislativas 2015

Costa inicia campanha com mensagem de defesa do serviço nacional de saúde

  • 333

António Costa começou o primeiro dia da campanha oficial com uma visita ao Hospital Pero da Covilhã

Rui Duarte Silva

António Costa começou o primeiro dia da campanha oficial para as eleições na Covilhã, com uma visita ao hospital Pero da Covilhã, e prometeu eventual eliminação de portagens

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Texto

Redatora Principal

“Quisemos simbolicamente assinalar este início de campanha visitando uma unidade hospitalar e para falar de um tema que é central para o futuro e presente dos portugueses, defendermos o serviço nacional de saúde”, disse o líder dos socialistas no final da visita, a que os jornalistas não tiveram acesso.

O SNS é uma das maiores conquistas do Estado democrático, salientou Costa, para apontar aquilo que considera como “um perigo para o futuro dos portugueses”, a ameaça do seu desmembramento pela coligação.

E repetiu: o SNS é essencial “como condição de promoção do acesso à saúde de todos os portugueses, independentemente da região onde vivam e da sua condição económica”.

Promessa de eliminação de portagens

De caminho fez também uma promessa. Confrontado pelos jornalistas sobre o que poderia fazer a favor de uma “discriminação positiva para as zonas do interior”, afirmou que o PS, fazendo “uma reavaliação das obrigações contratuais do Estado”, estava disposto a criar melhores condições de acessibilidade.

Referiu-se às vias do interior e fronteiriças, e ainda às de “particular afluxo turístico como a Via do Infante”, no Algarve. No ar ficou, pois, a promessa de uma possível eliminação das portagens.

Depois da visita ao hospital, Costa teve um encontro com empresários da região - também à porta fechada - e um almoço com apoiantes. À tarde, será a altura para os contactos com a população que a organização quer privilegiar.

Está prevista uma passagem por Alpedrinha, onde ocorre o festival dos chocalhos e da transumância e, depois, ao fim da tarde, comício em Castelo Branco e jantar com apoiantes em Seia, já depois do jogo Porto-Benfica.

[notícia atualizada às 13h19]