Anterior
Imagens aéreas no auge das 'manifs' em Lisboa e Porto
Seguinte
As manifestações pela lente dos repórteres do Expresso
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Lançamento de petardo agravou incidentes na Assembleia da República
vídeo

Lançamento de petardo agravou incidentes na Assembleia da República


Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 96 Comentar
ordenar por:
mais votados
É uma Questão de Tempo
Têm andado a incendiar o povo em lume brando,quando o povo não tem nada a perder vai tudo a frente.
E depois os políticos que se cuidem.
Re: É uma Questão de Tempo
Re: É uma Questão de Tempo
Re: É uma Questão de Tempo
Re: É uma Questão de Tempo
Re: É uma Questão de Tempo
Re: É uma Questão de Tempo
O PÔVO VENCERÁ! - É uma Questão de Tempo.
Depois queixam-se da violência da polícia
Afinal eram todos muito pacifistas?!!!

Havia gente que não acreditava que os extremistas iriam usar as manifestações para destruírem o que mais tarde temos de pagar.

Há muitos inocentes por estas bandas...
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Este gajo é um desinformador e provocador...
Re: Este gajo é um desinformador e provocador...
Este gajo é um desinformador e provocador...
Re: Este gajo é um desinformador e provocador...
Em termos civilizacionais...
Re: Em termos civilizacionais...
Crescido... bem crescido...
Re: Crescido... bem crescido...
Nessa lógica...que é falsa ....uso esta anolagia..
Re: Nessa lógica...que é falsa ....uso esta anolag
Oh...troll...
Olha olha o boizinho do sócrates...
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
Re: Depois queixam-se da violência da polícia
É só fumaça!
Como diria o saudoso Almirante Pinheiro de Azevedo.
Fumaça ou não....
Re: Fumaça ou não....
Re: Fumaça ou não....
Re: Fumaça ou não....
Olha olha o boizinho do sócrates
Re: Olha olha o boizinho do sócrates
LOL...
Re: Fumaça ou não....
Re: É só fumaça!
Re: É só fumaça!
Re: É só fumaça!
O boizeco de novo
Re: É só fumaça!
Re: É só fumaça!
Re: É só fumaça!
Re: É só fumaça!
Outro rabicha sócretino.
Fim da linha para o Alforreca Fascista!
Re: Fim da linha para o Alforreca Fascista!
Re: Fim da linha para o Alforreca Fascista!
Re: Fim da linha para o Alforreca Fascista!
Re: É só fumaça!
Espero que não percam a razão...
Esta manifestação, pelas suas proporções, e pela forma como decorreu, deveria fazer muita gente pensar. Portugal não é, efectivamente, a Grécia. As pessoas estão fartas, e protestar, mais do que um direito, é uma obrigação. Pelos nossos filhos, que vão andar a pagar a dívida durante toda a vida sem nunca terem votado nos que a geraram...
Os direitos de uns acabam quando começam os dos outros. Isto não é uma questão económica, é uma questão moral. E os direitos básicos das pessoas - ao trabalho, à reforma... - estão a ser transgredidos de forma totalmente abusiva por políticos sem escrúpulos. Os manifestantes têm TODA a razão do seu lado. Espero que não a percam com acessos de violência...
Re: Espero que não percam a razão...
Re: Espero que não percam a razão...
Re: Espero que não percam a razão...
Re: Espero que não percam a razão...
Re: Espero que não percam a razão...
Re: Espero que não percam a razão...
Parabens
Bem feito, portugueses! Portugal es um país muito trabalhador e honrado y no se merece este trato abusivo da UE. Saludos desde España y mucha suerte.
Re: Parabens
Re: Parabens
Re: Parabens
Re: Parabens
Re: MEDO
Contra o inevitável
Para quê tanta luta ?

Para quê tanta resistência ?

Se a experiência grega demonstra que os " mandantes" exteriores e internos são implacáveis, insensíveis, não cedem na assimetria e na discriminação dos povos do sul e dentro de cada povo dos mais pobres e fracos ?

A resposta é: Vale a pena a resistência, o protesto, a luta, o grito, o choro porque se há problemas economicos na europa e em Portugal, o problema principal é politico, são opções politicas e estas podem mudar cá e portanto lá.

Em democracia há sempre alternativas.

Nada é inevitável a não ser a morte.

Por isso 15 de Setembro de 2012 foi o grito da revolta que pode recuperar a democracia e a soberania.

Foi Portugal que se reencontrou com o seu povo.

Pequenos excessos dos manifestantes nada são contra a enormidade da violência prometida nas demoniacas medidas governamentais.
E em Paris o que aconteceu?
Ninguém se manifestou em frente ao hotel 5 estrelas onde o maior criminoso portugues vive, à custa de todos nós?
Re: E em Paris o que aconteceu?
Re: E em Paris o que aconteceu?
Re: E em Paris o que aconteceu?
Re: E em Paris o que aconteceu?
O governo não tem coragem

É uma sorte sermos um povo pacifico mas a continuar qualquer dia já não é um "petardo"

Vamos ver se os senhores cócó, ranheta e facada do Governo, entendem!!!
Pacífico
lançamento de petardo
ehehehehhehehe
Manifestação
"O POVO NÃO CONHECE SEU VERDADEIRO PODER" ja é hora de todos manifestarmos contras essas falcatruas de PPPS a consumir uma massa de dinheiro dos cofres públicos e o povo a pagar toda essas falcatruas através de exagerados impostos, nenhum sacrifício é bastante para satisfazer essas facções mafiosas instalados nos governos.
Re: Manifestação
Humildade de todos: PRECISA-SE!
Não importa se o governo considera que está matematicamente correcto nas suas acções, ou os que estão numa posição de contestação sentem-se fortes para fazer quaisquer exigências.

Necessitamos encontrar fórmulas que diminuam as pressões sobre que têm menos e implementem-se URGENTEMENTE outras medidas que diversas personalidades isentas já apontaram, com números e tudo.

Necessitamos de negociações bem feitas e não de slogans ou falta de abertura a outras formas de reduções de custo e a outros universos que não foram ainda não sentiram os efeitos da austeridade. É o momento de somar e não o de destruir.

Vejamos agora quem realmente deseja o bem de nossos filhos e netos e quem deseja dividir o nosso país em troca de alguns dinheiros.

Sempre vencemos e esta será mais uma grande vitória de Portugal!
"O POVO NA RUA???" Não foi isso que vi!!!
Aquando das "greves gerais da FUNÇÃO PÚBLICA", sempre vi enormes filas de automóveis de gente que trabalha com dificuldades para chegar ao seu trabalho! E esta comunicação social "parcial" constantemente a dizer que éram "Greveis Gerais". Agora, acompanhei com atenção e vejo apenas gente que na segunda-feira não tem obrigatoriamente que ir trabalhar a participar em mais uma manisfestação de desordem. Por favor Senhores da Comunicação Social, façam um estudo sério e tragam-nos a informação acerca do que é que esta gente vive (manifestantes). Seria vossa obrigação dizerem que são manifestações CORPORATIVISTAS e não de Portugueses em geral, se por acaso constatarem que são PC, UGT, CGTP, RTP, CP, Carris, Câmaras, etc. a participarem nelas.
Re: O caríssimo passou o dia em Marte?
Re: O caríssimo passou o dia em Marte?
Re:
Re:
propaganda televisiva...
"Intenções de arranjar confusão?"

"más intenções?"

a propaganda televisiva a tentar levar o povo maltratado e revoltado a resignar-se e a portar-se bem, enquanto é agredido pelos corruptos no poder.

Muita sorte têm que essa gente toda não decidiu avançar para dentro da assembleia e tomar o poder, porque se isso fosse decidido a polícia ia apenas conseguir parar uns 100. Muita sorte têm esses corruptos que esta gente ainda está pouco motivada.

www.youtube.com/watch?v=V3kRizZ3qC0

Palavras de ordem como "Junta-te a nós", dirigidas
Palavras de ordem como "Junta-te a nós", dirigidas à Neo-Gestapo mostra a completa lavagem ao cèrebro das massas, inclusive as que tiveram coragem para protestar.
-> a Neo-Gestapo faz seu estàgio no Afeganistão onde os exames consistem em matar civis desarmados,
-> só emtram para a policia de choque quando os illuminati estão convencidos que não terão hesitações para disparar sobre o próprio povo.
-> O que se passa na Siria vai acontecer em Portugal e no resto da Illuminatzilandia.
-> protest-suppression.blogspot.pt/
A gatunagem instituida
Acho que a gatunagem instituida não vai lá com manifestações, o despreso com que fala das pessoas a amostra de primeiro não sei das quantas revelam que é um individuo sem escrupulos e doente mental.
Comentários 96 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub