Siga-nos

Perfil

Expresso

Palavras Chave

BCP com lucros de 264,5 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2015

  • 333

Em igual período do ano passado o banco liderado por Nuno Amado tinha tido um prejuízo de 109,5 milhões de euros

O BCP teve um lucro de 264,5 milhões de euros no terceiro trimestre do ano, o que compara com um prejuízo de 109,5 milhões de euros em igual período de 2014.

As imparidades tiveram uma evolução favorável passando de 1.017, 5 milhões de euros até setembro de 2014 para 745,4 milhões nos primeiros nove meses deste ano.

Os depósitos cresceram 2% e o crédito caiu 3,2%.

O contributo da atividade doméstica ascendeu a 100 milhões de euros saindo de terreno negativo (em igual período de 2014 tinha tido um prejuízo de 227 milhões de euros) e o contributo internacional foi de 149, 3 milhões de euros, verificando-se um queda marginal.

Os custos operacionais decresceram 8,1% no período, enquanto a margem financeira subiu 46%.

O racio de transformação estava nos 104% a 30 de setembro, melhorando dos 111% registados até junho de 2015.

"Temos um banco mais sólido, forte e eficiente", afirma Nuno Amado. "Estamos a recuperar a rendibilidade em Portugal " e "existe um maior equilíbrio entre contributos do negócio em Portugal e nas operações do exterior", acrescentou o presidente do BCP.

O banco informou também que se verificou uma redução da utilização do financiamento líquido do BCE em 900 mil euros do terceiro trimestre de 2014 para o terceiro trimestre deste ano. O financiamento junto do BCE é de 5,9 mil milhões de euros.