24 de abril de 2014 às 15:02
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Dívida  ⁄  Juros a 10 anos caem 7 pontos desde 31 de janeiro

Juros a 10 anos caem 7 pontos desde 31 de janeiro

Os juros da dívida soberana portuguesa a 10 anos seguem uma tendência de queda desde o dia 31 de janeiro, embora com algumas oscilações.
Vítor Andrade (www.expresso.pt)
Juros a 10 anos caem 7 pontos desde 31 de janeiro Gráfico Bloomberg

A 30 de janeiro de 2012 os juros da dívida soberana portuguesa estavam acima dos 17%, no mercado secundário.

Um dia depois entraram numa tendência de descida que, embora com algumas oscilações, se mantém até hoje, com os juros a rondar os 10%, segundo dados da Bloomberg.

A mesma tendência tem vindo a registar-se nos restantes prazos (nomeadamente a 2, a 3 e a cinco anos).

Mega resgate em perspetiva 


Analistas do mercado acreditam que esta tendência de baixa dos juros da dívida portuguesa se fica a dever ao facto de Portugal estar a corrigir a trajetória orçamental, de acordo com as medidas previstas no memorando de entendimento assinado com a troika.

Por outro lado, Portugal tem vindo a beneficiar do facto de a pressão dos mercados estar a incidir mais sobre Espanha e Itália, países para os quais já se fala num mega resgate no valor de 750 mil milhões de euros.

Comentários 16 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Esta conclusão é redutora
Portugal está fora dos mercados de dívida primo até pelo menos Setembro de 2013.
Esta tendência de redução deverá por isso prudentemente descontada.
Logo que for conhecido o deficite orçamental real de 2012, que deverá superar as estimativas oficiais e se confirmar o grau de "encolhimento" do PIB veremos então como se irão comportar as yields na maturidade a 10 anos e não só...
Re: Esta conclusão é redutora Ver comentário
Vá lá que não faz como o passos Ver comentário
Re: Esta conclusão é redutora Ver comentário
Re: Esta conclusão é redutora Ver comentário
Re: Esta conclusão é redutora Ver comentário
FALA AÍ ... ZÉ INGÉNUO ... COMO É O TEU GRÁFICO ?
Olha o meu gráfico é sempre a descer ... a linguagem é que é um pouco diferente ... é imposto a aumentar ... é a luz a aumentar ... o gás também a aumentar ... a água não aumenta ... sobe é o preço ... pagas mais por menos água ... estás a ver ? ...
E agora nas férias ... ficas a ver televisão ... se já tiveres o descodificador ... e ouves falar de yields e de dívida pública e de moody's e dos dados da bloomberg ... e ficas assim tipo ... mestrado em finanças ... parece que saíste agora da universidade nova ... que segundo as notícias é uma das melhores do mundo em finanças ...
E isto sem nunca teres lido o financial times ... não sei se estás a ver ? ...

É isso aí ... Zé Ingénuo ...
Re: FALA AÍ ... ZÉ INGÉNUO ... COMO É O TEU GRÁFIC Ver comentário
Re: FALA AÍ ... ZÉ INGÉNUO ... COMO É O TEU GRÁFIC Ver comentário
Re: FALA AÍ ...ZÉ INGÉNUO ...COMO É O TEU GRÁFICO? Ver comentário
Re: FALA AÍ ... ZÉ INGÉNUO ... COMO É O TEU GRÁFIC Ver comentário
Re: FALA AÍ ... ZÉ INGÉNUO ... COMO É O TEU GRÁFIC Ver comentário
onde é que estão os comunas de serviço???
Interessante que quando aparecem algumas notícias positivas quase não há comentários. onde é que estão os comuns de serviço que estão sempre a mandar abaixo? claro que o que está a acontecer deve-se ao sacrifício de milhares de famílias mas pelo menos o sacrifício não está a ser em vão.
Re: onde é que estão os comunas de serviço??? Ver comentário
Isto é bom, é positivo!
E devemos ficar satisfeitos independentemente de simpatias político-partidárias. Se bem que ainda seja pouco e, como no futebol, não devemos embandeirar em arco!
Re: Isto é bom, é positivo! Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub