40
Página Inicial   >  Pela estrada fora com o CDS-PP  >   Judite de Sousa arrasa na campanha

Judite de Sousa arrasa na campanha

Jornalista distribuiu quase tantos beijos em Famalicão como Paulo Portas.
|
"Garanto-lhe que nos próximos cinco anos vai ser candidata a alguma coisa!...", dizia Portas à jornalista

As empregadas do Café Titanic, de frente para uma das entradas da feira de Famalicão, não se entusiasmam por aí além quando vêem entrar Paulo Portas no estabelecimento. Até que reparam na mulher loura, com um esfusiante blazer cor de laranja, que se põe ao balcão ao lado do líder do CDS.

"É a dra. Judite de Sousa!", exclama uma, entredentes. E abrem-se dois sorrisos radiosos de quem já ganhou o dia. E ainda nem eram nove da manhã. Portas assinala a diferença de tratamento. "A mim deu-me um bom dia, mas para ela, foi esse sorriso..." A mulher, meia escondida atrás da máquina de cafés, só tem olhos para a nova estrela da TVI. "Gosto muito de si! Não é para escovar, mas é uma boa jornalista!..."

Paulo Portas não perde a oportunidade para uma provocação: "Vai descobrir uma vocação, Judite. Garanto-lhe que nos próximos cinco anos vai ser candidata a alguma coisa!..."

Dupla recebida em triunfo


Por uma manhã, Paulo Portas não foi a única vedeta da campanha do CDS. Na feira de Famalicão (que não fazia parte da agenda oficial de campanha, porque foi marcada apenas na véspera) Portas estava acompanhado apenas pela TVI e pelo Expresso e teve de dividir as atenções com Judite de Sousa. Foi uma dupla recebida em triunfo, com bombos e gaitas de foles atrás. A jornalista provou ser tão popular nas feiras como o presidente do CDS, e nem um nem outro regatearam beijinhos ao povo que os abordava.

A contabilidade não é exata, mas Paulo Portas, mais rodado nisto, provavelmente beijou mais... Judite, por seu lado, recebeu o pedido mais insólito: "Ó sra. Dona Judite, quero pedir-lhe um favor. Eu tenho um cancro, como é que eu faço para ir à televisão?", perguntou-lhe uma mulher. "Escreva para a TVI", sugeriu a jornalista.

Portas e o "gostinho" das feiras


"Mas eu não estou em campanha, estou em reportagem!", justificava-se a diretora-adjunta da TVI a mais uma mulher. Paulo Portas não perdoa: "Ó Judite, a primeira vez que se vai a uma feira, pega-se o gostinho... Pode demorar uns aninhos, mas a Judite vai ter de tomar uma decisão...", insistia Portas. E seguiram para a feira seguinte, em Carvalhos, Gaia.

Foi outro mergulho triunfal de Portas no meio do povo, ao bom estilo do velho Paulinho das Feiras. Muitas queixas sobre como "isto está mau", muitos insultos a Sócrates, porque "roubou as pensões", muitas promessas de votos. "Tire aquela desgraça de lá!", pediu-lhe um homem.

"Vamos tirar!", prometeu Paulo Portas. Ao lado, uma mulher deslumbrava-se por ver Judite de Sousa mesmo à sua frente. "Ó dona Maria Elisa!..."


Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 40 Comentar
ordenar por:
mais votados
Judite de Sousa
Judite de Sousa se se candidatasse contra Sócrates, a vitória era mais que certa !
E com maioria absoluta !
Re: Judite de Sousa
Re: Judite de Sousa
ARRE !!!!
Re: ARRE !!
Re: ARRE !!
Re: ARRE !!
Re: ARRE !!
Em tempo...
Re: Judite de Sousa
Re: Judite de Sousa
Judite de Sousa?

Judite de Sousa ? O Tiririca de Portugal?

Bom ressalvemos: com outro nível, mas é mais do mesmo.
Força Judite!
Se Judite de Sousa conseguir um lugar na AR estamos feitos e os deputados também. Se ela fizer o mesmo que faz nas entrevistas, mais ninguém fala senão ela. Faz uma pergunta e antes da resposta já está a fazer outra. E ai de quem não queira dar a resposta que ela quer! Massacra, massacra até conseguir.
Talvez um lugarzinho na Polícia Judiciária para obrigar os presos a confessar até aquilo que não fizeram, esteja mais indicado. Força Judite! Aperte com eles que eles falam!
Re: Força Judite! Aperte com eles que eles falam!
Re: Força Judite! Aperte com eles que eles falam!
Re: Força Judite! Aperte com eles que eles falam!
Essa gajada só agrava a situação do País. Andam
a tratar da sua vidinha pessoal e dos amigos.
Só uma revolução global pode alterar esta situação

Conspiração global em curso com a cúmplicidade do

de uma politica liberal do PS e ultra liberal se o PSD e CDS ganharem as eleições, imposta aos cidadãos portugueses, em sintonia com as falsas, cínicas e hipócritas são as ideias difundidas pelo então senador Barack Obama, desde 2007, sobre tudo aquilo que mudaria assim que fosse eleito, desde a regulamentação da banca para travar a impunidade de Wall-Street, ao desmantelamento de Guantanamo, da abertura ao livre comércio com Cuba até ao desmantelamento da legislação fascizante sobre os direitos civis herdada de George W. Bush - está aqui tudo, escarrapachado pelo mentiroso prémio nóbel da paz que está cada vez mais envolvido em mais guerras - guerras que se assumem cada vez mais como uma guerra civil,, desta vez global, dos ricos contra os pobres.
 
Campanha na paróquia
Estes comportamentos de pura fraternidade, se bem que politicamente ridículos e provincianos, não deixam de ser comovedores.
Já Ramalho Ortigão definia muito bem este povo, suas grandezas e misérias.
só falta mesmo
...a Manuela Moura Guedes.
Seria trucidada se fizesse reportagem à campanha de Sócrates...
Nem na SIC a deixam trabalhar...
Poderá estar em causa o branqueamento dos
senhores do BPN..
HO meu Deus,
perdoa-os que eles não sabem o que fazem.
Re: HO meu Deus,
Pelo menos há festa.
A campanha eleitoral pode servir de pouco em termos de esclarecimento dos eleitores, mas ao menos origina festa com muitos beijos, viagens (até de paquistaneses) almoços etc. Assim nem precisamos do futebol para esquecemos um pouco a desgraça a que isto chegou.
Enquanto as Campanhas Forem isto
EU NÃO VEJO
Ganda Judite....
Com a Judite em grande lá tera´a diva de recorre à peruca.
Campanhas...feiras...e
... insultos! Tudo serve para enxovalhar, quem não pertence ao mesmo grupo politico. No entanto, ver pessoas, que andaram anos e anos, a serem sustentados por NÓS contribuintes, é degradante não poder interferir. A srª Judite Sousa, só anda a pedir o voto p/o antigo partido do marido (CDS). Mas, já tem a certeza de + dia ou -, tem lugar na AR
Ideossincrasias do povo!
Se o Isaltino de Morais se candidatasse a PM, ganharia de certeza as eleições...
O nosso povo preocupa-se apenas como que as individualidades sejam famosas...
Triste povo este!!
Re: Ideossincrasias do povo!
Não sei o que é pior...
«"Ó sra. Dona Judite, quero pedir-lhe um favor. Eu tenho um cancro, como é que eu faço para ir à televisão?", perguntou-lhe uma mulher. "Escreva para a TVI", sugeriu a jornalista.»

Não sei o que será pior: se querer ir à televisão porque se "tem um cancro" ou se responder a uma pergunta idiota com uma resposta ainda mais idiota...
Realmente, a Judite está mesmo bem para a TVI...
Re: Eu sei o que é pior...
Re: Eu sei o que é pior...
Jornalistas, oportunistas...
Se a Judite de Sousa entrar na politica, deve ser para fazer o mesmo papel que já fizeram, a Maria Elisa e a Paula Moura Guedes, esta pelo CDS. Depressa se fartaram... acabaram por não fazer nada... é muito mais fácil criticar... A Moura Guedes, se tivesse um pouco de vergonha na cara, antes de entrar em guerra com qualquer politico, devia pensar no papel que fez no parlamento e no contributo que deu à sociedade portuguesa... mas ninguém pode dar o que não tem, não é verdade?
Re: Jornalistas, oportunistas...
Comentários 40 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub