23 de abril de 2014 às 15:41
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Johnny Depp e Vanessa Paradis separam-se

Johnny Depp e Vanessa Paradis separam-se

Ao fim de uma relação de 14 anos, de que resultaram 2 filhos, Johnny Depp anunciou a "separação amigável". 
Alexandre Costa (www.expresso.pt)
Johnny Depp e Vanessa Paradis separam-se  Carlos Barria/Reuters

"Johnny Depp e Vanessa Paradis separaram-se amigavelmente. Por favor respeitem a sua privacidade e, o mais importante, a privacidade dos seus filhos", refere uma declaração do relações públicas do ator.

O anúncio surge após, em Maio, Depp ter negado os rumores de que a relação estaria prestes a desabar.

Depp, de 49 anos, começou a relação com Paradis, de 39, em 1998, após ter terminado o seu envolvimento com a super modelo Kate Moss. O ator norte-americano e a atriz e cantora francesa conheceram-se na altura das rodagens do filme "A Nona Porta", de Roman Polanski.

O casal tem dois filhos, uma rapariga de 13 anos e um rapaz de 9. Têm duas casas, uma em France, Los Angeles, e outra numa ilha privada das Caraíbas.

Nunca chegaram a casar-se. Depp fora casado entre 1983 e 1985 com Lori Anne Allison e no início dos anos 1990 teve uma relação com a atriz Winona Ryder, que tem contracenado com ele em diversos filmes de Tim Burton.

Comentários 6 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Francamente!!!
O jornal da sarjeta vem anunciar-nos que o não sei quê separou-se da não sei que mais.
Francamente. Mirem-se ao espelho e se ainda se consideram jornalistas... Bem então nãqo sabem mesmo o que é isso.
Re: Francamente!!! Ver comentário
o que é que eu tenho a ver com isso?
Já não há paciência para este culto da idolatria e da futilidade.
O que dá em tirar o "homem" da equação!
Esta é notícia é-me bem mais interessante do que parece à primeira vista. Só por si, ela justifica-se: não obstante não ser do meu gosto, há quem goste deste tipo de notícias, leitores para quem palavras como separação, relação, separação amigável ou estrelas de cinema, são importantes. Mas ela também pode ser interessante para outros. "O que temos a haver com isso?" Talvez mais do que se pensa, se atendermos que Johnny Depp foi notícia política ultimamente.

Relembremos!

Há coisa de um mês, o Expresso teria citado Depp a dizer que saia de França e "voltei aos EUA porque queriam o meu dinheiro". Não li esta peça mas Henrique Raposo leu, e nos seus habituais spin-offs, lá a comentava com o título "Johnny Depp foge de Hollande", continuando com um "saiu de França, não quis esperar pela governação do novo Dalai Lama da esquerda socialista". Detalhes como a saída ter ocorrido antes de Novembro de 2011, meio ano antes de eleições nunca perdidas pelos presidentes recandidatos, ou que quem queria cobrar impostos a Depp era a França de Sarkozy, não parece ter demovido HR de fazer as suas habituais tiradas. Em vésperas de eleições Francesas, e talvez procurando influenciá-las, isso torna estas explorações das decisões de Depp, um (mini) facto político.

O que esta notícia revela é que o "divórcio" de Depp ia mais longe do que meras questões fiscais, pelos vistos. Depp sai de França e pouco tempo depois acaba-se uma relação de 14 anos com Paradis... coincidência? Não acho.
Contracenou com Vanessa Paradis em Nona Porta?
Não é o que diz o IMDB.... não me parece que terá sido nesse filme, ora vejam o elenco:

www.imdb.pt/title/tt0142688/fullcredits#cast
BEM...
ainda não compreendi como é que há gente com opinião tão negativa sobre certo jornal e que se dá ao trabalho de registar-se e ainda comentar nele... e este casal conheceu-se AQUANDO DAS FILMAGENS DA NONA PORTA, em França... também não me lembro de ter lido que contracenaram juntos nesse filme...li, e está muito bem, que "conheceram-se na altura das rodagens do filme "A Nona Porta". Fico com pena, pois eram um casal fabuloso.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub