24 de abril de 2014 às 8:49
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Jardim inaugura obra sob apupos e vivas

Jardim inaugura obra sob apupos e vivas

Alberto João Jardim foi recebido com apupos mas também com vivas durante a inauguração de um novo troço na Madeira.
Lusa
Alberto João Jardim esteve em São Vicente Homem de Gouveia/Lusa Alberto João Jardim esteve em São Vicente

O presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, foi hoje recebido com apupos mas também com vivas durante a inauguração de um troço da nova ligação em Via Expresso entre Boaventura e São Vicente, no Concelho de São Vicente.

Enquanto alguns trabalhadores da construção civil da empresa Tâmega em greve por tempo indeterminado pelo pagamento do mês de setembro e do subsídio de férias, com uma faixa "Os trabalhadores não vão pagar o que a RAM e os patrões estão a roubar", gritavam "queremos os nossos salários" uma delegação de candidatos do PND-M vociferavam "Não faças batota eleitoral" e "ditador".

Mas, paralelamente à vozearia dos descontentes havia também vivas a Alberto João Jardim por parte de muitos populares que ali se deslocaram para assistir à inauguração.

"Esta é a Madeira que eu gosto, liberdade para todos mas que triunfe a razão"


"Esta é a Madeira que eu gosto, liberdade para todos mas que triunfe a razão", disse Alberto João Jardim sorridente e enfrentando, olhos nos olhos, os manifestantes, por meio dos quais circulou ainda que escoltado pela sua segurança e agentes da PSP.

"Não quero força nisto", pediu Alberto João Jardim aos elementos da PSP presentes enquanto saboreava uma sandes com os olhos fixos nos manifestantes.

Antes, porém, e quando usava da palavra, pediu ao povo de São Vicente para ter "cuidado com a droga" sublinhando para que não permita "os drogados no meio de nós".

Alertou ainda os trabalhadores para tomarem cuidado "com aqueles sindicalistas que vivem acima das suas possibilidades, é preciso saber quem paga a esses sindicalistas".

"Povo de São Vicente estejam descansados que não voltaremos nem às ocupações do 25 de abril"


"Povo de São Vicente estejam descansados que não voltaremos nem às ocupações do 25 de abril, nem à desordem do 25 de abril", prometeu.

O administrador na Madeira da Tâmega, José Fonseca, confirmou que a empresa atravessa alguns problemas de tesouraria devido à situação da banca e que as faturas em atraso do Governo Regional estavam estimadas em 2,3 milhões de euros O presidente do Governo Regional da Madeira inaugurou na freguesia e Concelho da Ribeira Brava a Estrada Municipal entre os sítios do Moreno e Pedra Mole onde declarou: "a obra feita ninguém ma tira".

"Que Deus tenha piedade dos que disseram mal", terminou.

Alberto João Jardim inaugurou ainda um empreendimento habitacional privado no Caniço e visitou as obras de recuperação de uma unidade hoteleira no Funchal.

Comentários 6 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
AJJ: acabaram as facilidades.
Os madeirenses estão a acordar...
...Nós também!

Tomar consciência duma realidade, que é diferente daquela que nos pintaram, não é fácil e é até doloroso;
mas factos são factos, e o certo é que AJJ meteu os madeirenses num buraco que para sair dele, vai ser necessário muito sacrifício, que vai durar até aos filhos dos actuais jovens madeirenses.

Jardim é um guerrilheiro:não tem nada a perder Ver comentário
Re: Jardim é um guerrilheiro:não tem nada a perder Ver comentário
Jardim inaugura sob apupos e vivas
O "CISNE" demora a morrer...Finalmente terá reconhecido que está "FERIDO D'ASA". mas pretende "voar" mais alguns KM's. E vai conseguir...Os "Familiares" precisam do Patriarca para continuar na sombra. E quando a Mãe Natureza ditar: "A tua passagem pelo Planeta Terra acabou", quem são os HERDEIROS ASSUMIDOS?...Será que AJJ não deixou TESTAMENTO?. Ou a promiscuidade financeira entre CRM e GC é inevitável?
Parece-me bem que sim.
Não desistas de Portugal
É preciso mostrar a nossa indignação e descontentamento , senão ainda nos comem os ossos , não podemos desistir de Portugal , agora é a altura decisiva para nos manifestarmos , porque estão a preparar mais medidas de austeridade , ou seja mais impostos e mais aumento no custo de vida , da vez de írem às gorduras do estado e atacarem os AJJ , os Isaltinos , os Varas deste país.

Dia 15 todos à manif da geração à rasca no Marques de Pombal às 15h , na Batalha no Porto e em outras localidades.

http://www.facebook.com/f...

Não desistas de Portugal , vem lutar pelo nosso futuro , senão ainda levaremos com mais impostos e ficaremos com a economia destruída só para serem mantidos os tachistas deste país.

AJJ sem nível
Não sou contra a obra feita do AJJ na Madeira, mas não posso concordar com a tipo de politica do AJJ. A referencia as drogas serve apenas para atingir um jovem que não se cala, com opinião própria e diferente, querido pelo povo desse concelho onde a inauguração foi feita, que na sua juventude fumou uns charros....que triste maneira de fazer politica. Depois diz que é nojento o que fazem no Contenete...enfim.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub