19 de abril de 2014 às 19:22
Página Inicial  ⁄  Desporto  ⁄  Izmailov e Sporting fazem as pazes

Izmailov e Sporting fazem as pazes

Izmailov e o Sporting enterraram o machado de guerra. Jogador russo pôs termo ao processo laboral que movera contra os "leões".
Lusa
Izmailov quase de regresso ao ativo no Sporting José Sena Goulão/Lusa Izmailov quase de regresso ao ativo no Sporting

O futebolista Marat Izmailov estabeleceu um acordo com o Sporting e retirou o processo laboral movido contra o clube por causa da aplicação de uma multa de 30 mil euros, disse hoje à Lusa uma fonte judicial. 

O médio russo já comunicou a desistência da ação que interpôs contra o Sporting na 2ª Secção do Tribunal de Trabalho, que tinha programado para 5 de julho de 2012 o início do julgamento. A primeira audiência fora marcada pelo juiz do processo depois da sessão de tentativa de conciliação, realizada a 11 de novembro, em que as partes não chegaram a um entendimento. 

Os factos reportam-se a 18 de março de 2010, quando Izmailov apresentou queixas num joelho e recusou alinhar na receção do Sporting ao Atlético de Madrid, jogo dos quartos de final da Liga Europa, que terminou com um empate 2-2, com os espanhóis a lograrem a qualificação para a fase seguinte. 

Viagem sem autorização


Com recurso a registo do cartão de crédito bancário do jogador, o Sporting argumentou que o russo teria viajado para a Rússia nesse mesmo dia sem ter sido autorizado, pelo que lhe foi aberto um processo disciplinar, decidido com a aplicação de uma sanção pecuniária. 

Em resposta à nota de culpa, Izmailov defendeu que o montante da coima imposta pelo Sporting contraria o disposto na legislação laboral, que estabelece um limite à multa que não deve exceder um terço da retribuição diária.

Por essa razão, o jogador impugnou judicialmente a sanção pecuniária, que o Sporting contestou, aduzindo ainda uma alegada entrevista concedida por Izmailov ao jornal russo "Sovietsky Sports", na qual o futebolista tecia críticas fortes aos dirigentes e ao departamento médico. 

As relações entre o médio e os responsáveis do clube degradaram-se e José Eduardo Bettencourt, presidente do Sporting, chegou a afirmar que o jogador "mentiu". 

Mais tarde, em maio, Izmailov alegou não ter condições psicológicas para continuar no Sporting, mas integrou a equipa no estágio, realizado na França e na Suíça, em julho, participando nas sessões de treino com limitações físicas. 

Recuperação fora do clube


O jogador russo foi submetido a uma intervenção cirúrgica ao joelho direito a 4 de outubro, na Alemanha. E na passada sexta-feira, Izmailov apresentou-se na Academia de Alcochete, para iniciar a recuperação junto da restante equipa, depois de ter estado a trabalhar a título particular com o fisioterapeuta António Gaspar. 

O futebolista russo tem contrato com o Sporting até 2013, com uma cláusula de rescisão de 25 milhões de euros. 

Comentários 3 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Sporting
Desde que haja boa vontade de ambas as partes o entendimento é sempre possível.
Daí o congratular-me com este desfecho.
Trata-se de um jogador de inegáveis méritos e de que o Sporing bem precisa, agora que "mandaram embora" Liedson.
Re: Sporting Ver comentário
Re: Sporting Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub