18
Anterior
"Não me sinto obrigado a fazer mais nenhum filme"
Seguinte
Jorge Coelho renuncia a pensão vitalícia
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Isaltino Morais: PJ acusa-o de corrupção

Isaltino Morais: PJ acusa-o de corrupção

PJ faz nova acusação a Isaltino Morais de corrupção por um empreendimento na Aldeia do Meco.
A PJ acredita que Isaltino recebeu 400 mil euros em «luvas»
A PJ acredita que Isaltino recebeu 400 mil euros em «luvas» / António Pedro Ferreira

A Polícia Judiciária propôs ao Ministério Público uma nova acusação para Isaltino Morais, acusando-o de corrupção por um empreendimento na Aldeia do Meco.

Em causa estão os direitos de transferência dos direitos de construção de terrenos da Aldeia do Meco para a Mata de Sesimbra, em 2003, quando Isaltino Morais era titular no Governo pela pasta do Ambiente. 

O "Jornal de Notícias" revela hoje, na sua edição impressa, que a PJ diz no relatório final de investigação, entregue há sete meses, que o autarca de Oeiras terá recebido 400 mil euros em "luvas".

 

 


Opinião


Multimédia

Lombinho de porco com broa e batata a murro

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 


Comentários 18 Comentar
ordenar por:
mais votados
Noticias fresquinhas...


De acordo com o Jornal de Noticias, "o presidente da Câmara de Oeiras terá recebido 400 mil euros em luvas."
   
A proposta de acusação e os alegados subornos constam do relatório final da investigação da PJ entregue ao DCIAP há sete meses.
Entretanto outra noticia fresquinha da-nos conta de que chegaram a Portugal 20 feridos da guerra na Libia, enquanto se fazem cortes no serviço nacional de saúde o governo vai gastar 200.000 euros, chamando-lhe acção humanitária. No entanto seria mesmo uma acção humanitária se os feridos fossem de ambas as partes da contenda e não só de um dos lados...

A Polícia Judiciária propôs ao Ministério Público uma nova acusação de Isaltino Morais por corrupção, devido à transferência de direitos de construção em terrenos da aldeia do Meco para a mata de Sesimbra em 2003, quando era ministro do Ambiente.

Porra !!! Eu não estou a entender?

Porra !!! Eu não estou a entender?

Acabem com essa conversa fiada, e prendam o homem...

Só ficam nas ameaças? Estão com medo de quê? Que o homem abra o bico e compromenta gente importante? Gente séria?

O homem já não foi julgado e condenado? Prendam-no... Estão a espera que fuja?
Re: Porra !!! Eu não estou a entender?
A fábula do leão moribundo
Fábula do leão moribundo
Um mal nunca vem só. Enquanto sentiram força e influência no sujeito, os outros poderes, nomeadamente os da justiça, mantiveram uma prudente distância.

Quando lhes cheirou a carne em putrefacção, avançaram todos, procurando o seu naco de carniça.

Com 8 anos de atraso, resolveram chatear o Isaltino com mais um esquema de 400 mil (coisa pouca) que poderia ser evitado, se o Passos o tem convidado para Ministro.

Pouca sorte, desta vez estava do lado errado da barricada......
Re: Fábula do leão moribundo
Re: Fábula do leão moribundo
Certo é
Que Isaltino tem feito da justiça o que quer, mas se fosse o zé trabalhador já estava com os costados na prisão há muito.
Há alguém em Portugal?
Há alguém em Portugal que tenha a coragem que o Obama teve?
Exigir aos Bancos da suíça que detalhasse as contas nesse país de chulos, nomes, importâncias e datas dos depósitos, a fim de ser feita uma investigação detalhada, sob pena de não permitir que os bancos suíços operassem nos EUA.
Aí há uma Polícia Judiciária que pode investigar com pormenor cirúrgico donde provieram os milionários proventos dos presumíveis suspeitos.
Até lá, tudo na mesma, como a lesma.
A Dilma Russeff já teve a coragem de demitir cinco Ministros por corrupção activa e está há tão pouco tempo na Presidência e aí?
Pois é!...
Tchau.
Mais um problema a Isaltinino por tão pouco?
O que são 400 mil euros para alimentar uma conta na Suíça? Essas contas destinam-se a milhões!
será que alguém é punido por corrupção neste país
Excertos da resposta de Cardoso e Cunha, ex-comissário da Expo 98, à auditoria do Tribunal de Contas realizada em 2000 (in site T. Contas): "(...) Por coerência e por respeito pelas hierarquias sufragadas democraticamente fiz a única coisa que podia honestamente fazer - sair de cena e calar a boca. Gostaria de poder manter essa posição". Tenho ideia que conseguiu o que queria.
Qual é mesmo o problema?
Neste momento a questão não é o Isaltino; é a justiça e sobretudo as leis feitas para os advogados se poderem encher à vontade com clientes corruptos e poderosos... Ah, e já me esquecia: as mentes brilhantes que o puseram outra vez no poleiro?
     
      comentador-casual.blogspot.com/
COMEÇO A ESTAR PREOCUPADA
Ando preocupada com a nossa classe política. Até há uns anos quando se percebia que eram mais ou menos corruptos, afastavam-se da coisa política até esfriar os ânimos (o povo esquece depressa o que não vê) e aparentavam ter alguma preocupação com as aparências (porque a roubalheira e os jogos de interesses mantinha-se (mesmo por detrás do pano).
Hoje roubam, são apanhados a roubar, saem as acusações dos tribunais e... pasme-se continuam agarradinhos aos cargos públicos, o mesmo é dizer, continuam a roubalheira e as falcatruas, descaradamente. Ora isto, para mim, já era motivo mais que suficiente para me preocupar, que direi então, quando atrás de várias acusações surgem mais, e não há lei que tire esta pelintragem dos nossos cargos públicos e pare de lhes pagar ordenados com dinheiros públicos.
É por esta imponidade que, de ladrões "alguns" aparentemente e alegadamente passam a assassinos, sem sequer se aperceberem dos limites que ultrapassaram.
ONDE IREMOS NÓS (HUMANIDADE) PARAR????
Alguem se lembra?
Alguem se lembra do que disse o juiz/a na leitura da sentença?
Se bem me lembro qualquer coisa como "o réu voltará a cometer os mesmos crimes ..."
Sem comentários,e quanto à chicana processual,que TODA a gente já percebeu à muito qual a intenção,a prescrição;qual a admiração ou já se esqueceram que são (eram )oficiais do mesmo oficio!
Mas mesmo com todos estes casos,estes PULITICUS não mudam as leis e retiram dela o excesso de garantismo que ela contém,será qué é por uma questão de auto defesa?Se não é ...parece,e como em politica o que parece é!!!
Por favor , mais não!

  Mais acusações mais condenações.
  Mais condenações mais recursos.
Uma surpresa.....
Foi com grande surpresa e estupefacção que li esta noticia......
PJ acusa-o de corrupção ???
Não , não , não é possível !!!
São "luvas" ... não percebem ? O homem tem um eczema nas
mãos e precisa de muitas "luvas"!!!
O melhor lugar para curar este "eczema" é a cadeia , mas mesmo assim vai continuar a viver à nossa custa.
Trabalho comunitário para sempre,já!!!
Só três...
Vivemos num grande país onde só há três meliantes: o Vale e Azevedo, que já cumpriu prisão e agora anda fugido, o Oliveira e Costa, que está em prisão domiciliária e o Godinho, que está em preventiva. Ainda há dúvidas sobre uns tantos, como o Carlos Cruz ou o Isaltino, já condenados mas ainda à solta... mas só o tempo o dirá. Sem esquecer, claro, o Duarte Lima - mas isso é assunto brasileiro...

Comentários 18 Comentar

Últimas


Pub