Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Voos de Barcelona para Düsseldorf nem sempre seguem a mesma rota

  • 333

Uma consulta, no site flightradar24.com, comparando as rotas do voo desta terça-feira com as dos dias anteriores - há um voo diário entre Barcelona e Düsseldorf - conclui-se que nem sempre os aviões sobrevooam os Alpes. Na última quarta-feira, não foi assim.

O piloto do voo 4U9525 cumpria uma rota idêntica à feita segunda-feira, mas não conseguiu chegar ao destino

O piloto do voo 4U9525 cumpria uma rota idêntica à feita segunda-feira, mas não conseguiu chegar ao destino

O Airbus 320 da Germanwings que se despenhou esta manhã nos Alpes franceses fez exatamente a mesma rota do avião que ontem voou entre Barcelona e Düsseldorf, mas nem sempre a opção é o percurso pelas cordilheiras europeias.

Nos dias 19, 20 e 23, os pilotos seguiram exatamente a mesma rota do voo de hoje da Germanwings. Mas o de dia 18 não seguiu a rota mais direta mas também não optou por sobrevoar os Alpes, dando a volta ao contrário, isto é para Norte, passando por Paris, como se pode ver no flightradar24.com.

No site que mostra todo o movimento da aviação no mundo, afirma-se que o Airbus hoje acidentado é um dos mais antigos A320 e foi entregue em novembro 1990.

Na passada quarta-feira, o voo seguiu outra rota, por Toulouse e pela região de Paris

Na passada quarta-feira, o voo seguiu outra rota, por Toulouse e pela região de Paris

O voo "foi declarado em perigo às 10h47 locais, próximo de Barcelonnette" (menos uma hora em Lisboa), segundo a Direção-Geral de Aviação Civil francesa que já disse não estarem "especialmente más", as condições atmosféricas.

O sinal de alerta mostrou, ainda conforme informações divulgadas pela DGAC, que "o avião estava a cinco mil pés de altitude (cerca de 1500 metros), numa situação anormal".No flightradar24.com, verifica-se que o avião caiu a uma média de três a quatro mil pés por minuto.

Na segunda-feira, o voo entre Barcelona e Dusseldorf passou também pelos Alpes

Na segunda-feira, o voo entre Barcelona e Dusseldorf passou também pelos Alpes

O site da companhia aérea Germanwings está em baixo, apresentando apenas uma mensagem em alemão lamentando a confirmação da queda de um dos seus aparelhos com 144 passageiros e seis tripulantes a bordo, anunciando ter posto ao dispor a linha telefónica gratuita 0800 11 33 55 77 e manifestando o pesar de todos os empregados. 

Em novembro, a Lufthansa e os seus passageiros já tinham apanhado um susto. Um Airbus 321 correu o risco de cair, durante um voo entre Bilbau e Munique, quando os sensores do aparelho congelaram e começaram a enviar dados errados ao sistema de navegação, segundo a revista alemã "Der Spiegel". 

Airbus 320 tem capacidade para 174 pessoas

O interior do Airbus 320

O interior do Airbus 320

Germanwings

O Airbus 320, com o número de série 0147, tem capacidade para sentar 174 pessoas, mede de comprimento 37,57 metros e de altura 11,76.

Atinge, no máximo, uma velocidade de cruzeiro de 891 quilómetros por hora, e uma altitude de 39 mil pés (11.887 metros).