Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Vídeo mostra polícia de Los Angeles a abater um sem-abrigo

  • 333

As imagens foram captadas por um transeunte e publicadas na Internet. A polícia diz que o homem resistiu e tentou apoderar-se da arma de um dos agentes, mas o caso está a ser investigado.

Um vídeo que mostra o momento em que agentes da polícia de Los Angeles matam um sem-abrigo, na sequência de uma altercação, está a chocar os Estados Unidos. As imagens foram captadas por um transeunte na zona de Skid Row e posteriormente publicadas online.

Ainda que não seja exatamente claro o que aconteceu, o vídeo regista momentos de confronto violento entre um homem e seis agentes. A dada altura ouve-se uma voz, que grita "larga a arma", seguindo-se o som de cinco tiros.

Segundo fonte da polícia, citada pelo jornal "Los Angeles Times", os agentes foram chamados à zona para responder a uma queixa de roubo. "Começaram por se aproximar do homem, que a certa altura ofereceu resistência e começou a lutar", disse o comandante Andrew Smith. "Na tentativa de o deterem, ainda recorreram ao taser para o dominar, mas sem êxito".

Após alguns momentos de tensão, o sem-abrigo - cuja identidade não foi oficialmente confirmada - e alguns dos polícias caíram. Nessa altura, segundo a polícia, o homem terá tentado apoderar-se da arma de um dos agentes, o que levou a que fosse alvejado.

As imagens mostram ainda um momento em que uma mulher agarra o bastão que um dos polícias deixa cair, sendo imobilizada em seguida

A ação policial tem sido frequentemente questionada nos Estados Unidos, sobretudo por acusações de racismo. Em agosto de 2014 a morte de Michael Brown, um jovem negro, de 18 anos, desarmado, atingido por um polícia em Ferguson, Missouri, originou uma série de protestos a nível nacional. Noutros Estados, incluindo Nova Iorque, houve mortes causadas por agentes e acusações de excesso de zelo e discriminação.

O clima agravou-se em janeiro, depois de a polícia da Nova Jérsia ter sido também filmada a disparar fatalmente sobre um homem negro, que é visto a sair do carro com os braços no ar.