Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

"Velocidade Furiosa 7" ainda não estreou e já se fala num Óscar de Melhor Filme em 2016. Será?

  • 333

Vin Diesel afirma que não "existe nada tão poderoso que se aproxime" do novo filme "Velocidade Furiosa 7"

FOTO Frazer Harrison/Getty Images

O ator e produtor de "Velocidade Furiosa 7" diz que o filme tem "sérias" hipóteses de vencer o Óscar de Melhor Filme 2016. Nenhum outro da saga conseguiu sequer ser nomeado, mas o ator e produtor Vin Diesel não duvida: "O mundo não vai conseguir antecipar o poder emocional que este filme acarreta consigo".

Falta uma semana para a estreia mundial do sétimo filme da saga de ação que envolve carros de corrida, combates e tiros desde os seus primeiros filmes, mas a expectativa dos fãs é muita para o "Velocidade Furiosa 7". O ator e produtor Vin Diesel decidiu elevar a fasquia sobre o potencial do filme. Tem "sérias" hipóteses de ganhar o Óscar de Melhor Filme de 2016. "Vai ganhar, de certeza. Não há nada que se aproxime tanto do poder deste filme", declarou o protagonista e produtor desta nova película à revista norte-americana "The Variety".

Vin Diesel mostra-se confiante mesmo sabendo que nenhum dos filmes desta saga foi, alguma vez, nomeado para um Óscar. No entanto, a antestreia de "Velocidade Furiosa 7" no festival norte-americano SXSW já teve um balanço positivo. Muitos críticos afirmaram que é "difícil" comparar este sétimo filme com outro qualquer pelo prazer que continua a dar, depois de tantos anos a alimentar a "mesma história".  

Para os que ainda só viram o trailer oficial, o ator deixa uma mensagem: "o mundo não vai conseguir antecipar o poder emocional que o filme acarreta consigo."  

O primeiro trailer oficial do filme foi lançado durante o verão do ano passado. As expectativas aumentaram ainda mais. O falecido Paul Walker apareceu em quase todas as cenas disponíveis no vídeo de 2:38 minutos. Vin Diesel, amigo de longa data de Walker, já afirmara que o "Velocidade Furiosa 7" seria um tributo ao ator que perdeu a vida num acidente de viação, em novembro de 2013, durante uma exibição de carros de corrida num evento de caridade.