Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tony Fernandes, 45 anos, é o dono da AirAsia

Tony Fernandes tem um apelido de origem portuguesa como acontece com alguns naturais da Malásia. "Sonhar o impossível" é o seu lema de vida. Pelo menos até este domingo, dia em que despareceu um avião da companhia aérea de que é proprietário

O jornal britânico "The Telegraph" diz que Anthony Francis Fernandes começou a desejar ser dono de uma companhia aérea com bilhetes baratos quando era criança. Tem por lema de vida "sonhar o impossível", e a verdade é o rapaz que nasceu em Kuala Lumpur a 30 de abril de 1969 e se apresenta no Facebook como ex-executivo da 'Virgin Records' e presidente do clube de futebol inglês 'Queen Park Rangers', teve momentos de grande sucesso material.

Consta que "nunca aceita um não como resposta", e que sabe vender a tempo. Foi o que fez à equipa 'Lotus F1 Team' quando esta começou a dar maus resultados e mudou de nome para 'Caterham'.



Graduou-se como revisor oficial de contas na London School of Economics e, em 1989, começou a trabalhar na área financeira da 'Virgin Communications a Warner Music International', em Londres.

Em 2001, fez o negócio da sua vida, quando comprou a AirAsia, uma empresa estatal da Malásia que se encontrava em dificuldades financeiras, pelo preço simbólico de 25 pence, de acordo com o The Telegraph. Nunca tinha trabalhado na aviação e optou por transformar a transportadora aérea numa low cost.

Em 2002, a Air Asia tinha dois aviões. Atualmente transporta 30 milhões de passageiros, opera nas rotas globais, e tem 86 aviões.