Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tem o cabelo do pai, as bochechas da mãe e é o novo preferido da realeza

As três fotografias natalícias do príncipe George

Getty

Os duques de Cambridge divulgaram novas fotos do filho, o príncipe George, com 17 meses, para gáudio dos fãs da casa real britânica.

Os mais céticos dirão que é apenas um bebé como os outros. E é. Só que, tal como escreveu Orwell sobre os animais n' "O Triunfo dos Porcos", todos são iguais, mas há uns que são mais iguais do que outros. É o caso do bebé George, cujas aparições públicas provocam não só um frenesim nas redes sociais, mas também uma corrida dos britânicos às lojas de roupa para criança.

Nas fotografias divulgadas sábado pelos duques de Cambridge, o príncipe William e a sua mulher Kate, o pequeno George aparece sorridente com uma camisola com imagens de soldados, da Cath Kidston. Não demorou muito para a marca britânica notar uma procura acima da média pela camisola, que está atualmente esgotada, e um porta-voz admitiu ao "The Telegraph" que o stock deverá ser reposto em breve para aproveitar a procura.

As marcas têm sentido o "efeito George" desde o nascimento do novo membro da realeza britânica, quando um cobertor igual ao que o filho de Wlliam e Kate tinha à saída do hospital passou a ser vendido em todas as lojas de roupa infantil. Também umas jardineiras que George usou no dia do pai, da marca Rachel Riley, esgotaram rapidamente das prateleiras. 

O Twitter adora George

Vinte e quatro horas depois da publicação das novas fotografias da criança de 17 meses, terceira na linha de sucessão ao trono, depois do pai, William, e do avô, Charles, já tinham sido publicado quase 50 mil tweets sobre George no Twitter, segundo o Topsy, que monotoriza todas as publicações daquela rede social.

No dia anterior, os tweets que mencionavam o pequeno príncipe eram só cerca de 1500. Para além disso, a maioria dos 50 mil tweets tinha um tom positivo, de acordo com o Topsy, apelidando George de cute ou adorable (fofinho ou adorável, em português). 

O casal britânico divulgou as fotografias, tiradas no final de novembro pelo secretário Ed Lane Fox, à imprensa britânica como forma de agradecimento por não terem publicado quaisquer fotos da criança tiradas por paparazzi, de acordo com a BBC. 

William e Kate, que anunciaram em setembro que vão ter mais um filho, regressaram esta semana de uma viagem de três dias aos EUA, onde visitaram o museu sobre o 11 de setembro e conheceram o presidente Barack Obama.