Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Ted Cruz, o ultraconservador hispânico que quer ser o próximo Presidente americano

  • 333

Ted Cruz optou por fazer o anúncio formal da sua candidatura numa intervenção na Universidade Virginia's Liberty

FOTO REUTERS

Senador do Texas é o primeiro entre democratas e republicanos a anunciar que vai concorrer às primárias. Promete deitar por terra qualquer vestígio do Obamacare.

Apesar de ser o primeiro a avançar, o senador republicano Ted Cruz, que anunciou formalmente esta segunda-feira a sua candidatura, surge apenas em oitavo lugar nas sondagens sobre as hipóteses dos potenciais candidatos às primárias no partido Republicano, numa lista encabeçada por Jeb Bush (filho e irmão dos ex-presidentes Bush).

"Vai ser preciso uma nova geração de corajosos conservadores para ajudar a América a voltar a ser grande. E eu estou aqui pronto a erguer-me convosco na liderança dessa luta", afirmou Cruz num vídeo divulgado domingo à noite nas redes sociais.

Senador do Texas, Ted Cruz optou por fazer o anúncio formal da sua candidatura numa intervenção na Universidade Virginia's Liberty (fundada pelo reverendo Jerry Falwell) procurando colher apoios dos cristãos evangélicos que se somem ao dos seus correligionários do Tea Party.

Ted Cruz é ultraconservador e promete "dar cabo" da reforma do sistema de saúde promovida por Barack Obama. Enquanto senador, cargo para o qual foi eleito em 2012, desenvolveu uma ação de pressão para bloquear o Obamacare, facto que resultou no encerramento parcial, durante 16 dias, do Governo federal, em outubro de 2013. A ação foi vista como ineficaz e politicamente contraproducente por muitos dos membros do seu partido, mas valeu-lhe a conquista de simpatias entre as bases republicanas antiObama.

Nascido a 22 de dezembro de 1970 em Calgary, na província de Alberta, no Canadá, Cruz é filho de uma norte-americana e de um cubano. Licenciou-se na Universidade de Princeton e obteve uma pós-graduação da escola de direito de Harvard.

Apesar de ter sido o primeiro senador norte-americano hispânico com ascendência cubana, entre as suas bandeiras políticas figura o endurecimento do combate à imigração ilegal (manifestando-se mesmo contra amnistias para quem seja apanhado nesta situação), a defesa dos valores da família e a oposição ao controle do direito ao porte de arma.

 

À partida, não surge contudo com grande de hipóteses de vencer nas primárias, que só vão arrancar daqui a dez meses, com as votações no Iowa em janeiro de 2016.