Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Swissleaks. Herdeira de Nina Ricci condenada a três anos de prisão

  • 333

Arlette Ricci , herdeira de Nina Ricci, condenada por fraude fiscal com ligação ao escândalo Swissleaks

REUTERS

Com 73 anos de idade, a herdeira da famosa cadeia de moda e perfumes foi condenada a três anos de prisão e a uma valente multa por fraude fiscal. 

Mais um nome da "lista do Swissleaks" da filial suíça do HSBC foi sentenciado. Desta vez, as luzes viraram-se para Arlette Ricci, herdeira da famosa cadeia de moda e perfumes Nina Ricci, que foi condenada a três anos de prisão (dois dos quais de pena suspensa) e ao pagamento de uma multa de um milhão de euros por fraude fiscal. 

O Tribunal de Paris decidiu ainda, confiscar a Arlette Ricci, atualmente com 73 anos de idade uma casa em Paris e uma propriedade na Córsega, no valor de quatro milhões de euros.

A par de Arlette Ricci, duas outras pessoas foram condenadas no processo: a sua filha Margot Vignat, com uma pena de oito meses, suspensa, e o advogado da herdeira, Henri-Nicolas Fleurence, a um ano de pena suspensa e ao pagamento de dez mil euros de multa por co-autoria. 

Os advogados de Ricci e de Fleurance estão à espera de conhecer na íntegra a decisão do tribunal para decidir um eventual recurso. 

A filial suíça do banco britânico HSBC está a ser investigada depois de, em fevereiro deste ano, uma fuga de informação ter revelado alegadas fraudes fiscais em grande escala.