Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Rússia convida líderes das duas coreias a visitar Moscovo

Se Kim Jong-un e Park Geun-hye aceitarem o convite para as comemorações do 70.º aniversário da vitória soviética sobre os nazis, tratar-se-á da primeira ocasião pública a juntar os dois líderes.

A Presidente sul-coreana, Park Geun-hye, foi convidada a ir a Moscovo em maio, indicaram fontes oficiais à agência Yonhap, uma visita que poderá coincidir com a do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, também convidado pela Rússia.

O Governo sul-coreano referiu hoje o convite recebido para as comemorações, a 09 de maio, na capital russa, do 70.º aniversário da vitória soviética sobre os nazis, apenas um dia depois de Moscovo ter confirmado que endereçou idêntico convite a Kim.

A confirmar-se a visita do líder norte-coreano, Kim Jong-un realizará a sua primeira viagem ao estrangeiro desde que chegou ao poder em 2012.

Além disso, se ambos aceitarem, tratar-se-á da primeira ocasião pública a juntar os dois líderes.

As duas Coreias continuam tecnicamente em guerra, uma vez que o conflito (1950-53) terminou com a assinatura de um armistício, nunca substituído por um tratado de paz definitivo.