Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Putin satisfeito com o timing da visita de Tsipras. "É muito oportuna"

  • 333

FOTO EPA

Encontro surge na véspera da data-limite para a Grécia pagar €450 milhões ao FMI. Tsipras sublinha que quer dar um "novo arranque às" relações entre os dois países, em nome da "estabilidade" e "segurança".

O presidente russo, Vladimir Putin, reuniu-se esta quarta-feira com Alexis Tsipras em Moscovo, afirmando numa breve declaração à imprensa no início do encontro que a visita do primeiro-ministro grego à Rússia "é muito oportuna".

 

"A sua visita é muito oportuna, porque temos de analisar formas de voltar aos níveis de intercâmbio comercial do passado", disse Putin, referindo-se ao impacto nas relações comerciais greco-russas das sanções e contrassanções entre a União Europeia (UE) e a Rússia. 

 

Segundo Putin, o comércio bilateral entre a Rússia e a Grécia duplicou entre 2009 e 2013, mas em 2014 sofreu uma redução de 40%.

 

"O objetivo da minha visita é tentarmos, juntos, dar um novo arranque às nossas relações, para bem dos nossos povos e da estabilidade e segurança da região", disse por seu lado Tsipras.

 

Afirmações de responsáveis gregos sobre uma exceção para a Grécia ao embargo de produtos agrícolas europeus decretado por Moscovo em troca de um veto às sanções da UE à Rússia suscitaram preocupação em Bruxelas. 

 

A visita de Tsipras a Moscovo ocorre num momento decisivo das negociações de Atenas com os parceiros europeus sobre a dívida grega. E surge na véspera da data-limite para a Grécia pagar 450 milhões de euros ao FMI.