Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Príncipe polaco desafia líder inglês eurocético para um duelo

  • 333

O príncipe polaco John Zylinski, farto do que considera ser a discriminação do líder do UKIP (Partido pela Independência do Reino Unido) face aos imigrantes polacos, resolveu desafiar Nigel Farage para um duelo de espada... ou para uma troca de palavras na televisão.

Cátia Bruno

Cátia Bruno

Jornalista

John Zylinski, um príncipe polaco nascido no Reino Unido e residente em Londres, já não suporta as declarações de Nigel Farage, líder do UKIP (Partido pela Independência do Reino Unido), acerca dos imigrantes polacos em solo britânico. Como tal, decidiu tomar o assunto em mãos e, pegando na espada do seu pai, Andrew Zylinski - que terá combatido os alemães em 1939 -, desafiou o líder do partido eurocético para um duelo. 

Num vídeo partilhado pelo jornal britânico "The Daily Telegraph", Zylinski propõe a Farage realizar um duelo em Hyde Park, no centro de Londres, para "resolver isto da forma que um aristocrata polaco do século XVIII e um cavalheiro inglês tradicionalmente resolveriam".  

Dizendo sentir-se farto da "discriminação contra o povo polaco" no Reino Unido, e destacando como exemplo mais "idiota" as declarações de Farage que culpam os imigrantes pelo trânsito na autoestrada M40, o príncipe Zylinski diz sentir que tem de fazer alguma coisa: "Percebi agora que tenho de me levantar em defesa do meu povo neste país".  

Zylinski já tinha dado nas vistas no Reino Unido devido ao palácio que construiu no bairro de Ealing, em Londres, e que funciona atualmente como museu. O edifício é uma réplica do palácio da família Zylinski em Gozdowo e foi construído devido a uma promessa feita por John a uma das suas avós.  

O príncipe volta agora a ser falado nos jornais e pode mesmo saltar para os ecrãs de televisão, já que em alternativa a um duelo de espada, Zylinski deu a Farage a alternativa de realizar "um duelo de palavras" num estúdio televisivo. Isto caso a espada do líder do UKIP "esteja um pouco enferrujada".