Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pilotos indianos castigados por terem discutido antes de descolar

  • 333

Minutos antes de levantar voo, o piloto pediu que o copiloto anotasse alguns detalhes técnicos sobre a viagem. O pedido não foi bem recebido e a discussão começou. Aconteceu este domingo.

Dentro do cockpit do airbus A320 da Air India que fazia a ligação entre Jaipur e Nova Deli, o piloto e copiloto discutiram por causa da divisão de tarefas. Ainda em terra, o comandante pediu ao copiloto que escrevesse na folha de voo alguns dados como o número de passageiros a bordo, o peso e o combustível disponível.

O copiloto não ficou feliz com o pedido. Várias testemunhas que estavam dentro do avião, citadas pela "Times of India", dizem que o copiloto agrediu e ofendeu o piloto. No entanto, fonte oficial da companhia aérea diz que apenas houve uma discussão entre os dois. Esta não é primeira vez que o copiloto em causa se envolve em problemas.

"Há três anos, ele ordenou um outro piloto que saísse do cockpit e que tirasse as estrelas do colarinho para lutar com ele. Também no ano passado, um piloto queixou-se do comportamento dele e chegou a questionar se ele estava bom da cabeça", disse um dos comandantes seniores da companhia aérea, em declarações à "Times of India". 

A viagem acabou por se realizar, apesar do ambiente hostil dentro da cabine. A Air India apoiou a decisão do piloto em prosseguir viagem, defendendo que o mais importante era não transtornar os passageiros. O jornal britânico "The Guardian" avança ainda que a companhia aérea indiana decidiu suspender os dois pilotos envolvidos.