Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pequim vai castigar "comportamentos incivilizados" de turistas chineses

  • 333

FOTO EPA

Haverá castigos, mas o governo chinês não precisa quais. "Ser um turista civilizado é obrigação de todo o cidadão."

O governo chinês vai penalizar "os comportamentos incivilizados" dos turistas chineses, dentro e fora do país, depois de vários incidentes isolados que "prejudicaram" a imagem dos viajantes da potência asiática.

 

Todos os turistas chineses que mostrem um comportamento pouco correto e sejam denunciados serão incluídos numa "lista negra" durante um ano ou dois e também receberão um castigo, embora o governo não tenha apresentado qualquer pormenor sobre as possíveis sanções na sua página online.  

 

A administração do turismo da China divulgou um regulamento no qual pede aos cidadãos que tenham cuidado com o seu comportamento e se mostrem educados quando viajarem no estrangeiro.  

 

O documento, publicado no site oficial do governo chinês, lembra que "ser um turista civilizado é obrigação de todo o cidadão".  

 

"Ter cuidado com os vestígios culturais, respeitar os direitos dos outros, não sujar o ambiente e evitar danos em infraestruturas" são algumas das normas enumeradas de bom comportamento.  

 

O organismo governamental pede aos departamentos da administração turística que avisem a polícia, gabinete de trânsito ou fronteiras caso presenciem comportamentos rudes dos turistas chineses.  

 

Um dos últimos incidentes mais divulgados foi protagonizado em dezembro passado por um casal de jovens chineses que viajava de avião da China para a Tailândia. Descontentes com o serviço a bordo, atiraram à hospedeira água a ferver usada para preparar massa instantânea.