Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Palavra do Pentágono: Irão lançou ataques aéreos contra o Estado Islâmico

Reuters

Bombardeamentos, que não estão confirmados oficialmente, não foram coordenados com os Estados Unidos.  

O Pentágono afirma que o Irão lançou ataques aéreos em  posições controladas pelo Estado Islâmico na zona oriental do Iraque. Apesar de Teerão não ter confirmado diretamente a intervenção militar, um alto responsável iraniano indicou que não foram realizados contactos no sentido de estabelecer uma cooperação ou coordenação com Washington.

O contra-almirante norte-americano John Kirby disse pensar que é a primeira vez que o regime de Teerão lança ataques aéreos a partir de aparelhos tripulados que se deslocaram do Irão até ao Iraque.

As declarações de Kirby surgem após terem sido divulgadas informações de que F4 Phantom, jatos de fabrico norte-americano pertencentes à força aérea iraniana, têm bombardeado posições do Estado Islâmico na província iraquiana de Diyala nos últimos dias. Um destes jatos foi filmado pela estação de televisão Al-Jazeera.

Um porta-voz do Pentágono indicou à agência Associated Press que os Estados Unidos mantêm a sua intervenção aérea no Iraque e que compete às autoridades daquele país evitar que venham ocorrer conflitos no seu espaço aéreo.

Responsáveis militares iranianos admitiram que dezenas de contingentes das suas forças militares têm estado no Iraque a combater contra jihadistas conjuntamente com as tropas curdas.

Dadas as relações conflituosas entre ambos, é improvável que os Estados Unidos convidem oficialmente o Irão para se juntar à coligação contra o Estado Islâmico. As autoridades de Teerão já indicaram, porém, que nunca aceitariam integrá-la.