Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Obama deixa mensagem a jovens sobre a marijuana

  • 333

O presidente norte-americano deixou uma mensagem à geração mais nova acerca das suas prioridades: deviam preocupar-se mais com as mudanças climáticas e menos com a legalização da marijuana.

O Presidente norte-americano Barack Obama fez um pedido aos jovens norte-americanos, dizendo que a legalização da substância não deveria ser a prioridade dos jovens durante o seu mandato.  

"Gente jovem: eu entendo que isto seja importante para vocês, mas deviam estar a pensar nas mudanças climáticas, na economia e no emprego, na guerra e na paz", declarou o Presidente, que no passado falou abertamente sobre a sua experiência com a substância na adolescência. "Talvez lá no fundo [das prioridades], devam pensar na marijuana".

O Presidente já tinha afirmado que apoia a descriminalização da marijuana, mas não a sua legalização. Exemplo disso foi o seu apelo para a reforma do sistema judicial criminal, para acabar com as detenções por delitos não violentos como a posse de marijuana.

"Somos mesmo capazes de fazer algum progresso no lado da discriminalização," acrescentou o presidente. "A um certo ponto, se estados suficientes acabarem por descriminalizar, o Congresso poderá ponderar legalizar a marijuana." A ponderação refere-se a reclassificar a droga como uma substância menos perigosa.

No entanto, Obama defende que existe uma preocupação "legítima" face ao abuso de substâncias como a marijuana e ao "efeito global que esta tem na sociedade, particularmente em zonas mais vulneráveis," concluiu.