Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Netanyahu já negoceia novo governo em Israel

  • 333

Com 96% dos votos apurados, o Likud levava um avanço de cinco lugares no parlamento em relação à lista de centro-esquerda União Sionista

ABIR SULTAN/EPA

Sondagens davam vitória à oposição, mas a vitória do primeiro-ministro israelita foi já reconhecida pelo líder da União Sionista, Isaac Herzog, que lhe telefonou para o felicitar. Benjamin Netanyahu espera formar novo executivo "dentro de poucas semanas".

Mafalda Ganhão, com Lusa

Depois de vencer as eleições legislativas em Israel, o primeiro-ministro israelita, Benjamim Netanyahu, espera formar novo governo dentro de poucas semanas, informou esta quarta-feira o seu partido, Likud.



"O primeiro-ministro pretende começar a formar o governo imediatamente, de forma a concluir a tarefa dentro de duas ou três semanas", informa num comunicado.



Contrariando as projeções, que apontavam para um empate entre Likud e União Sionista, os resultados eleitorais deram luz verde à continuação de Netanyahu no poder, vitória já reconhecida pelo seu principal opositor. Isaac Herzog falou com o primeiro-ministro israelita ao telefone, para o felicitar.



"Falei com o primeiro-ministro e felicitei-o pela sua vitória, desejei-lhe sorte. Mas é preciso que fique claro para os cidadãos de Israel: nada mudou, eu e (Tzipi) Livni vamos continuar a dirigir a União Sionista com força e inteligência como alternativa", afirmou, em declarações citadas pela edição eletrónica do diário "Yediot Aharonot".



De acordo com a rádio pública israelita, citada pela AFP, o Likud (direita) levava um avanço de cinco lugares no Parlamento em relação à lista de centro-esquerda União Sionista, numa altura em que estavam apurados 96% dos votos nas eleições reaklizadas esta terça-feira.



O Likud obtinha 29 dos 120 assentos do Parlamento, contra 24 lugares alcançados pela União Sionista, informou a rádio pública com base nos resultados preliminares.



Estas legislativas tinham sido definidas como um referendo a favor ou contra Netanyahy, de 65 anos, primeiro-ministro de direita desde março de 2009, e no poder há quase uma década, tendo em conta o primeiro de três mandatos, de 1996 a 1999.