Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Não deverá haver sobreviventes do avião que caiu nos Alpes franceses

  • 333

FOTO EPA

Já foram encontrados destroços do Airbus A320 que caiu a sul dos Alpes Franceses com 148 pessoas a bordo.

Destroços do avião Airbus A320 que se despenhou com 148 pessoas a bordo- esta terça-feira numa zona remota a 2 mil metros de altitude, a sul dos Alpes franceses - foram encontrados perto de Barcelonnette, informou o Ministério do Interior francês.

O Presidente francês, François Hollande, citado pela France Presse, anunciou que "as condições do acidente fazem pensar que não há nenhum sobrevivente".

"Isto é uma tragédia que ocorreu em solo francês (...) Precisamos de manifestar o nosso apoio perante esta tragédia", afirmou Hollande. 

O aparelho, um Airbus A320 da companhia low cost Germanwings, filial da Lufthansa, que fazia a ligação entre Barcelona e Düsseldorf, fez um pedido de socorro às 10h47 (9h47 de Lisboa), tendo desaparecido dos radares por volta das 11h30, segundo refere o "Le Figaro".

O jornal francês indica ainda que o aparelho terá baixado dos 38 mil pés para os 6,925 pés em apenas 9 minutos, entre as 10h31 e as 10h40. 

O primeiro-ministro, Manuel Valls, anunciou na televisão BMFTV que o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, se iria deslocar de imediato para o local.

O vice-primeiro-ministro espanhol indicou que os primeiros dados apontam para que 45 dos passageiros que seguiam a bordo seriam espanhóis.

Entretanto, no terminal 2 do aeroporto de Barcelona será prestado auxílio aos familiares das vítimas, segundo refere a agência EFE.