Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

McDonald´s não voltará a usar frango criado com antibióticos

  • 333

Perante os maus resultados, a empresa de "fast-food" tomou medidas para melhorar a imagem e aumentar a confiança dos clientes. Não usará mais frango criado com antibióticos nem leite proveniente de vacas que receberam hormonas de crescimento.

A cadeia norte-americana de "fast food" McDonald's anunciou que, nos próximos dois anos, não usará frango que possa ter sido criado com antibióticos que são usados em tratamentos médicos humanos.

Ainda este ano, também o leite consumido nos restaurantes McDonald's deverá ser apenas proveniente de vacas que não tenham sido injetadas com a hormona de crescimento rbST.

As mudanças acontecem num momento em que a McDonald's sente a forte concorrência de outras empresas consideradas menores mas que apresentam aos seus clientes novas alternativas de alimentação.

De acordo com o representante da McDonald´s nos Estados Unidos, Mike Andres, o objetivo é que os clientes se sintam bem e confiem nos ingredientes utilizados, desde o local de produção até serem servidos nos restaurantes.

Além das mudanças anunciadas, e após admitir falhas, a empresa já efetuou alterações em cargos de liderança. Em janeiro, o CEO Don Thompson foi substituído por Steve Easterbrook.

A empresa de fast-food apresentou, no último ano, os piores resultados financeiros em décadas e as alterações visam melhorar a imagem no mercado e voltar a atrair os clientes.