Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mais 41 migrantes desaparecidos em naufrágio em Itália

  • 333

Um barco com migrantes naufragou esta quinta-feira perto de Sicília, segundo avançam os meios de comunicação italianos. 

Quarenta e uma pessoas estão desaparecidas depois de um novo naufrágio de um barco com migrantes, esta quinta-feira, perto de Sicília, em Itália. A notícia está a ser avançada pelos meios de comunicação italianos, segundo a Lusa.

Quatro pessoas terão sobrevivido quando o barco insuflável se afundou. Os sobreviventes contaram a funcionários de organizações humanitárias e à polícia que 45 pessoas embarcaram na Líbia num barco insuflável para atravessar o Mediterrâneo, mas que a embarcação naufragou rapidamente.

Os quatro sovreviventes - dois da Nigéria, um do Níger e um do Gana - disseram que a embarcação era velha e começou a meter água assim que a viagem começou.

Detetados por um avião, foram salvos por um navio militar italiano que, chegado ao local, apenas conseguiu resgatar aquelas quatro pessoas. Os sobreviventes chegaram esta manhã a Trapani, na Sicília.

O acidente ocorre na mesma semana em que outro barco com migrantes se virou no Mediterrâneo, também perto de Sicília, com 550 pessoas a bordo.

Na sequência do acidente que decorreu na passada segunda-feira, a Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados (ACNUR) defendeu que as autoridades não estão a fazer o "suficiente" para salvar vidas de imigrantes - oriundos sobretudo da Líbia - que tentam escapar dos conflitos em África e no Médio Oriente, e que morrem diariamente no Mediterrâneo, quando tentam chegar à Europa em busca de melhores condições de vida.

Cerca de 10 mil migrantes que tentavam chegar à costa italiano já foram resgatados nos últimos dias, segundo a BBC. O governo italiano já pediu ajuda à União Europeia para lidar com a situação.