Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Hollande faz promessa às famílias. "Todas as circunstâncias da queda do avião serão trazidas à luz"

  • 333

FOTO Peter Macdiarmid/Getty Images

Presidente francês deu conferência de imprensa conjunta com Merkel e Rajoy. Chefe de Estado gaulês garantiu  que será feito tudo para esclarecer as causas do acidente.

O Presidente francês, François Hollande, manifestou esta quarta-feira a solidariedade a Angela Merkel e Mariano Rajoy na sequência da queda do avião da Germanwings com 150 pessoas a bordo, incluindo 72 alemães e 51 espanhóis, segundo o último balanço oficial, e garantiu que será feito tudo para esclarecer as causas da tragédia.

"Infelizmente não houve oportunidade para salvar as pessoas, porque não houve sobreviventes. Precisamos de entender o que aconteceu - temos essa responsabilidade para com as famílias e os países envolvidos na tragédia. Todas as circunstâncias deste acidente serão trazidas à luz", garantiu esta quarta-feira de tarde o Presidente francês numa conferência de imprensa em Seyne-les-Alpes, citado pelo "Le Figaro",  junto de Angela Merkel e Mariano Rajoy.

O governante gaulês assegurou ainda que será prestado todo o tipo de auxílio aos familiares das vítimas do acidente. "Eu prometo aqui que tudo será feito para que possamos encontrar, identificar e recuperar os corpos das vítimas. A França irá disponibilizar todo o tipo de apoio às famílias."

De acordo com Hollande, as várias operações realizadas terça-feira foram feitas de modo a preservar os corpos quanto possível, bem como os destroços do avião, de forma a não prejudicar a investigação.

Uma das caixas negras do avião, que foi localizada terça-feira, já está a ser analisada pelas autoridades francesas. No entanto, encontra-se danificada, o que poderá inviabilizar a obtenção de dados que possam esclarecer o que se passou no voo. As boas condições climatérias e o facto de não ter sido enviado qualquer alerta está a intrigar os investigadores.   

O avião da Germanwings, que partiu de Barcelona com destino a Düsseldorf, despenhou-se na terça-feira de manhã próximo da localidade de Barcelonnette, na região de Digne-les-Bains, nos Alpes franceses, com 144 passageiros e seis tripulante a bordo.