Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Hackers ameaçam atacar cinemas que exibam filmes da Sony

"O mundo vai encher-se de medo. Lembrem-se do 11 de setembro” foram as ameaças proferidas pelos "Guardiões da Paz"

KEVORK DJANSEZIAN/REUTERS

O grupo de hackers que invadiu o sistema informático da Sony Pictures ameaçou realizar ataques semelhantes ao 11 de setembro nas salas de cinema que exibam o filme "The Interview". Em resposta, a estreia do filme foi cancelada.

Quatro semanas depois de terem começado os ataques informáticos à Sony Pictures, o grupo de hackers que se autointitula de "Guardiões da Paz", ou GOP, voltou a ameaçar o estúdio cinematográfico.

De acordo com os órgãos de comunicação social norte-americanos, o grupo anunciou que iria provocar ataques semelhantes ao 11 de setembro nos cinemas em que o filme "The Interview" fosse exibido.

Esta terça-feira, o grupo compartilhou uma mensagem dizendo que "vamos mostrar-vos que a qualquer momento e em todos os lugares onde 'The Interview' seja reproduzido, incluindo na estreia, como o destino pode ser amargo para aqueles que procuram diversão através do terror".

"Em breve o mundo vai ver o que o filme terrível da Sony Pictures Entertainment provocou. O mundo vai encher-se de medo. Lembrem-se do 11 de setembro", acrescentava o e-mail enviado pelos hackers.

O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos garantiu estar a analisar as mensagens dos "Guardiões da Paz", na mesma semana em que ex-funcionários da Sony Pictures denunciaram a empresa por não proteger informações confidenciais.

Um porta-voz da cadeia de cinema Landmark confirmou, à agência Reuters, que a estreia do filme já foi cancelada. Não se sabe ainda se o cancelamento foi uma consequência das ameaças.

Contudo, a Sony Pictures já havia proferido que não se oporia caso os cinemas optassem "por não transmitir o filme".

"A Sony tem todo o direito de fazer o filme, nós temos o direito de o transmitir e a censura em geral é uma coisa negativa", afirmou Tom Stephenson, diretor executivo da empresa Look Cinemas.

 "The Interview", protagonizado por James Franco e Seth Rogen, conta a história de dois jornalistas a quem a CIA solicita que assassinem o líder norte-coreano Kim Jong-un.

Esta semana, os autores dos ataques informáticos à Sony Pictures já tinham sido alvo de notícia por terem publicado aquilo a que chamaram de "Presente de Natal": um conjunto de emails, dados da segurança social e detalhes salariais dos funcionários da empresa. De acordo com a CNN, os hackers divulgaram também o enredo do novo filme "Spectre" do 007.