Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Foto de sem-abrigo a ler a "Vogue" coloca editora da revista debaixo de fogo

  • 333

A princesa Elisabeth von Thurn und Taxis é editora de moda da “Vogue” nos Estados Unidos

Getty Images

Imagem publicada no Instagram pela princesa Elisabeth von Thurn und Taxis, que é editora de moda da "Vogue" nos Estados Unidos, foi mal recebida nas redes sociais. "Cruel" e de "mau gosto", acusaram... e a foto acabou retirada.

"Paris está cheio de surpresas", escreveu no seu Instagram a princesa Elisabeth von Thurn und Taxis, editora de moda da "Vogue" nos Estados Unidos, para comentar a imagem de uma sem-abrigo folheando um exemplar da revista. E acrescentou: "Os leitores da @voguemagazine estão nos cantos mais inesperados". O comentário pode ter-lhe parecido inocente, mas a verdade é que a mensagem não caiu bem, dando origem a um movimento de indignação nas redes socais.

Em poucos minutos, a jornalista-princesa foi bombardeada com vários "mimos", os mais ligeiros dos quais considerando a sua observação "cruel" e de "mau gosto".

A fotografia recolhida no passado sábado pela editora de 32 anos, quando se deslocou à capital francesa para assistir aos desfiles da Semana de Moda, acabou por ser retirada após cinco horas de exibição, tendo sido substituída por uma paisagem do rio Sena e um pedido de desculpas.

"Queria pedir as minhas sinceras desculpas pela ofensa que o meu post causou", escreveu a aristocrata, que antes ainda tinha tentado defender-se garantindo que, para ele, "a mulher da foto é tão digna como qualquer outra pessoa".

Quem conhece as redes sociais sabe, no entanto, que o mal estava feito. O conhecido site Fashionista considerou o episódio a mais recente prova da falta de gosto da editora e da sua "preocupante falta de sentido da realidade", opinião que foi várias vezes partilhada.

Outros saíram em defesa da princesa, considerando que a foto nada tinha de errado.

Mais longe foi o "Daily Mail", que procurou a sem-abrigo retratada. Maryse Dumas, de 65 anos, diz não se lembrar de ter sido fotografada. "Não é brincadeira viver na rua", afirmou ao jornal britânico. "À noite faz frio, não dormes, ficas doente... Doem-me as pernas e tenho os dentes a cair", acrescentou, reconhecendo gostar de ver a "Vogue" "pelas suas cores". Agora, a mulher quer um pedido de desculpas da princesa, "cara a cara".

O espanhol "ABC" recorda, por outro lado, uma faceta menos conhecida da princesa, que em conjunto com a família, mantém uma cantina social dentro dos muros do palácio de Ratisbona, em Frankfurt, Alemanha, para servir centenas de sem-abrigo. Além de financiar a cantina, a matriarca do clã Thurn und Taxis financia outros projetos comunitários e sai ela própria às ruas, para levar comida a quem precisa.