Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Forças iraquianas cercam o Estado Islâmico

  • 333

Tropas iraquianas, apoiadas a milícias locais, estão a aproximar-se de Tikrit, a cidade natal de Saddam Hussein. O plano passa por cercar os radicais islâmicos para depois ataca-los.

O terceiro dia da operação militar que visa recuperar a cidade iraquiana de Tikrit, controlada pelo autodenominado Estado Islâmico (Daesh), registou progressos.

Segundo a CNN, os soldados iraquianos estão a aproximar-se da cidade natal de Saddam Hussein e têm impedido a fuga de extremistas bem como ações de reabastecimento.

Apoiadas por milícias xiitas e sunitas locais, as forças avançaram para Tikrit a partir de cinco direções. A estratégia tem por objetivo cercar os radicais islâmicos.

Citado pela agência France Press (AFP), o general Abdel Amir al-Zaidi disse que o objetivo é "sufocar" os militantes do Daesh "para depois atacá-los".

Na terça-feira, os militares iraquianos depararam-se com alguns obstáculos colocados pelos extremistas, designadamente bombistas suicidas e atiradores furtivos.

Zaidi referiu que a operação - em que participam pelo menos 20 mil militares iraquianos - já permitiu a recuperação de áreas perto da província de Salahuddin, forçando os radicais islâmicos a reagruparem-se noutras zonas.

"A primeira fase da batalha era libertar Salahuddin. Foi completada com sucesso e em tempo recorde. Limpamos as áreas no leste da província", acrescentou o general.