Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Ferguson permanece abalada: dois agentes da polícia baleados

  • 333

Agentes da polícia de Ferguson no local onde foram atingidos dois agentes a tiro na madrugada de quinta-feira

Sid Hastings/EPA

Agentes foram feridos durante um protesto na cidade do Missouri, nos Estados Unidos, na sequência da demissão do chefe da polícia local.

Cátia Bruno

Cátia Bruno

Jornalista

Dois homens da força policial de Ferguson foram baleados na madrugada de quinta-feira, durante um protesto em frente à esquadra da cidade. Os manifestantes começaram a dispersar por volta da meia noite, altura em que dois agentes, de 41 e 32 anos, foram feridos no ombro e na cara, respetivamente.

Para Jon Belmar, chefe da polícia do condado de St. Louis, os agentes foram atingidos propositadamente por alguém que se misturou com a multidão. "Estes agentes da polícia estavam ali e foram baleados só por serem agentes da polícia", declarou, acrescentando que os dois agentes estão vivos e conscientes por agora.

Muitos manifestantes discordam da versão da polícia, dizendo que os tiros vieram do topo de uma colina próxima e não foram disparados a partir do local onde decorria a manifestação.

Os protestos regressaram a Ferguson na noite de quarta-feira, na sequência da demissão do chefe da polícia local, Thomas Jackson, depois de ser conhecido um relatório do departamento da Justiça norte-americano que denuncia uma série de práticas racistas por parte da força policial local.