Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Extrema-direita vence eleição no sul de França

O partido de Marine le Pen venceu uma eleição "cantonal" antecipada no sul de França, confirmando as sondagens que lhe dão o primeiro lugar para as próximas eleições europeias.

Daniel Ribeiro, correspondente em Paris

O candidato da Frente Nacional (FN, nacionalista), Laurent Lopez, bateu hoje, na segunda volta das eleições "cantonais" de Brignoles, no sul de França, o candidato da direita, que era apoiado por uma "frente republicana" constituída pela direita tradicional, socialistas, comunistas e ecologistas.

A vitória do candidato do partido de Marine le Pen tem importância porque conseguiu bater, sozinho, na segunda volta de hoje, a "frente republicana" que se tinha constituído contra ele desde a primeira volta de domingo passado, na qual ele tinha alcançado 40 por cento dos votos.  Hoje atingiu mais de 53 por cento dos votos, segundo resultados ainda não definitivos.

Este bom resultado da FN surge quando o partido populista e nacionalista francês é dado como favorito para as eleições europeias da próxima primavera (sobre a ascenção da extrema-direita em França, ler mais na edição impressa do Expresso de ontem).