Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Detido suspeito do tiroteio em escola de Portland

O tiroteio numa escola secundária de Portland fez três feridos, um dos quais em estado grave

STEVE DIPAOLA/REUTERS

Autoridades norte-americanas já detiveram o suspeito do ataque a alunos de uma escola secundária de Portland, no estado do Oregon, na noite de sexta-feira. 

O presumível autor dos disparos que feriram três jovens alunos da escola secundária Rosemary Anderson foi detido durante a madrugada deste sábado no automóvel em que seguia.

O suspeito, cuja identidade não foi ainda revelada pela polícia, tem 22 anos e transportava consigo uma arma no interior do veículo. Sabe-se ainda que a polícia efetuou buscas no interior de um apartamento situado nas proximidades da escola.

O tiroteio ocorreu no exterior daquele estabelecimento de ensino, frequentado por cerca de 190 alunos em situações de risco, repetentes, sem-abrigo, oriundos de famílias desfavorecidas ou estudantes expulsos de escolas públicas.

A polícia acredita que o crime está relacionado com conflitos entre gangues rivais e já identificou as três vítimas que se encontram hospitalizadas: Taylor Michelle Zimmers, 16 anos, a jovem atingida no peito e que permanece em estado crítico; David Jackson-Liday, 20 anos; e Labraye Franklin, 17 anos.