Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Curiosity deverá ter bloqueado em Marte devido a curto-circuitos num braço perfurador

  • 333

Getty

Os especialistas da NASA estão confiantes de que o Curiosity deverá voltar a funcionar em pleno na próxima semana.

Curto-circuitos intermitentes ocorridos num braço perfurador do Curiosity devem ter levado o software a fazer parar o veículo-robô da NASA, que se encontra a explorar o solo de Marte, indicaram os especialistas, que acreditam que o problema possa ser superado nos próximos dias, de modo a que na próxima semana já esteja novamente a funcionar em pleno.

O problema surgiu a 27 de fevereiro, quando o Curiosity estava prestes a recolher uma amostra do solo perfurado por um braço do veículo.

Durante um teste no sistema de perfuração levado a cabo na quinta-feira, os engenheiros da NASA detetaram a ocorrência de pequenos curto-circuitos, com menos de um centésimo de segundo de duração, suficientes contudo para o software acionar o sistema de bloqueio. Testes adicionais serão levados a cabo antes de tentarem voltar a mover o braço perfurador do Curiosity.

"A causa mais provável são curto-circuitos intermitentes nos mecanismos de perfuração. Após novas análises para confirmar este diagnóstico, nós vamos analisar a forma como o vamos ajustar para as futuras perfurações", referiu, numa declaração, o responsável da NASA Jim Erickson.

Desde que chegou a Marte em agosto de 2012, o Curiosity tem estado a explorar o solo do planeta.