Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Costa Rica anuncia recorde: 75 dias apenas com energias renováveis

  • 333

Para além dos recursos hídricos, o país está também a investir nos geotérmicos

Juan Carlos Ulate/Reuters

Graças às fortes chuvadas e a quatro centrais hidroelétricas, o país da América central conseguiu manter-se desde meados de dezembro sem recorrer a combustíveis fosseis.

O sistema de fornecimento de eletricidade da Costa Rica conseguiu manter-se durante 75 dias recorrendo a 100% a energias renováveis, segundo anunciou o Instituto da Eletricidade daquele país da América Central.

"O marco de emissões zero no país foi atingido graças às fortes chuvadas e a quatro centrais hidroelétricas no primeiro trimestre de 2015. Estas chuvadas levaram a que, nos meses de janeiro, fevereiro e no que já passou de março, não tenha havido necessidade de se queimarem combustíveis fosseis para gerar eletricidade, refere o comunicado do instituto.

Pequeno país com área de 51 mil quilómetros quadrados, 4,8 milhões de habitantes e uma economia assente sobretudo no turismo e na agricultura, a Costa Rica tem efetuado um forte investimento nas energias renováveis. 

O seu Governo anunciou a meta de tornar o país neutro em emissões de carbono até 2021 e decidiu não explorar as reservas de petróleo existentes na sua costa por motivos ambientais.

Em 2014, cerca de 90% da energia foi gerada por recursos hídricos e 10% geotérmicos.

As variações na pluviosidade obrigam a que, para se tornar totalmente livre de emissões de carbono, o país precise de investir mais nas fontes de energia geotérmicas, nos quais é bastante risco. 

A Costa Rica tem seis vulcões ativos e outros 61 inativos ou extintos e em meados do ano passado foi aprovado um projeto de 885 milhões de euros para o aproveitamento desses recursos.