Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Confrontos regressam a Atenas

  • 333

FOTO EPA/SIMELA PANTZARTZI

Anarquistas e polícia entram em choque na capital grega. Pedras, cocktails molotov, gás lacrimogéneo e carros incendiados. Centenas de jovens manifestam-se pela abolição das prisões de segurança máxima. Pelo menos quatro pessoas foram detidas.

Raquel Pinto

Raquel Pinto

Jornalista

O centro de Atenas trasnformou-se esta noite num palco de batalha. Anarquistas lançaram cocktails molotov e pedras contra a polícia anti-motim grega no centro de Atenas, que respondeu com gás lacrimogéneo. 

Os incidentes aconteceram depois de uma manifestação de centenas de jovens encapuzados para reclamar a libertação de presos políticos e pedir a abolição das prisões de segurança máxima, noticia a AP.

Não há até ao momento relatos de feridos, mas pelo menos quatro pessoas foram detidas. 

Carros queimados e lojas destruídas são alguns do danos reportados. A onda de protestos têm-se intensificado desde que o governo do Syriza liderado por Alexis Tsipras chegou ao poder a 25 de janeiro deste ano. Exigem que o Governo assuma o compromisso, encerre as prisões de alta segurança e ponha em liberdade inúmeros militantes anarquistas, muito deles que têm vindo a fazer greves de fome em protesto.