Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Catalunha. Dez detidos em operação de combate ao jiadismo

  • 333

Uma dezena de detidos por suspeitas de ligações ao autoproclamado Estado Islâmico (Daesh). A Mossos d'Esquadra, polícia catalã, organizou uma operação de combate ao jiadismo. 

Na madrugada desta quarta-feira, na Catalunha, pouco passava das quatro da manhã (três da manhã em Portugal), a polícia regional levou a cabo uma operação de combate ao terrorismo islamismo radical. Foram detidas 10 pessoas nas cidades de Barcelona, Sabadell, Terrassa, Sant Quirze del Vallés e Valls.

Estiveram no terreno cerca de 360 militares do grupo especial de intervenção que entraram em 10 habitações. O jornal espanhol "El Mundo" diz ainda que foi incorporada uma unidade canina especializada na localização de explosivos. Até ao momento, não foi identificado nenhum indício de que os detidos estivessem a preparar algum ataque terrorista.

Segundo avança o jornal "El País", os alegados terroristas, detidos esta madrugada, vão ser levados para Madrid, onde vão prestar declarações na Audiência Nacional, a mais alta instância penal espanhola, equivalente ao Supremo Tribunal de Justiça em Portugal.

Tudo indica que esta será a continuação de uma operação, iniciada em de Dezembro de 2014, onde três jovens foram interceptados na Bulgária quando tentavam fugir para a Síria.

Esta já é a quarta operação, no último mês e meio, para desarticular a célula jiadista na Catalunha. Na última semana, por exemplo, quatro membros da mesma família foram detidos, incluindo dois jovens de 16 anos. Planeavam viajar para a Síria e combater na Guerra Civil.

A Catalunha é uma das regiões onde são realizadas mais operações contras a actividade da jihah. Só este ano, já se contabilizaram 29 detidos por suspeita de ligações ao Daesh. Apenas cinco dos detidos não tinham nacionalidade espanhola.