Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Buscas por avião da AirAsia vão ser alargadas

Adi Weda/EPA

Durante as buscas que decorreram nesta segunda-feira, não foi encontrado nenhum indício do Airbus que desapareceu domingo com 162 pessoas a bordo.

Além das sete áreas patrulhadas esta segunda-feira, as operações de busca pelo avião desaparecido da AirAsia serão alargadas esta terça-feira a mais quatro áreas, anunciou o Governo indonésio.

O segundo dia de buscas pelo Airbus A320-200 - que desapareceu no domingo sobre o Mar de Java, com 162 pessoas a bordo - terminou sem que tenha sido encontrado qualquer vestígio do aparelho.

O responsável pelas operações de busca e salvamento, Bambang Sulistyo, declarou esta segunda-feira que, tendo em conta as últimas coordenadas do avião, deverá estar no fundo do mar.

Durante as operações que decorreram ao longo do dia, um avião australiano avistou o que se pensou poderem ser vestígios do aparelho, mas tratava-se de manchas de óleo não relacionadas com o avião desaparecido.

O aparelho descolara no domingo, de Suraboya, uma das maiores cidade indonésias. O contacto foi perdido uma hora antes da prevista para a sua chegada a Singapura e quando o aparelho se encontrava a sobrevoar o mar de Java. Antes, o comandante solicitara um desvio de rota devido às más condições meteorológicas.

Os investigadores consideram que muito provavelmente o desaparecimento do aparelho estará relacionado com essas condições meteorológicas adversas.

Grandes ondas e forte nebulosidade dificultaram as operações de busca, tanto no domingo como nesta segunda-feira.

Além das equipas indonésias, diversos outros países participaram nas operações de busca, enviando aviões e navios.

O ministro dos Negócios Estrangeiros francês indicou que dois técnicos franceses ligados à Airbus foram destacados para auxiliarem nas buscas, devendo chegar a Jacarta ainda esta segunda-feira.